Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Distritais apoiam governador do DF no caso Cachoeira

Por Rosana de Cassia

Brasília – Deputados distritais que integram a base aliada do governo do Distrito Federal manifestaram nesta quinta-feira, por meio de nota, apoio ao governador Agnelo Queiroz (PT), citado em gravações feitas pela Polícia Federal, como um dos envolvidos no esquema do empresário do ramo de jogos ilegais Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Para os distritais, as denúncias não passam de uma ação do “poderio econômico de grupos criminosos – beneficiários da situação anterior”, numa referência aos governos de Joaquim Roriz e José Roberto Arruda, “que não aceitando essa ruptura busca de todos os modos o enfraquecimento do Governo”.

“Diariamente, numa trama sórdida, plantam notícias fantasiosas, articulam mentiras, veiculam fofocas, fazem calúnias, propagam boatos, com o intuito claro de confundir a opinião pública para, mais tarde, retornar ao poder e às suas práticas criminosas”, afirmam os aliados de Agnelo, em nota.

Eles asseguram que “práticas criminosas têm vez” no governo atual e defendem a instalação de uma CPI no Congresso Nacional para aprofundar as investigações desencadeadas com a Operação Monte Carlo da PF.

“Confiamos plenamente na capacidade de liderança do nosso governador e estamos convictos de sua integridade moral e de sua capacidade política para recolocar o DF no caminho da prosperidade econômica e social”, encerra a nota, assinada por 19 distritais, e divulgada depois de café da manhã com o governador.