Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diretora de escola presta depoimento em SP

Por Priscila Trindade

São Paulo – A polícia ouviu hoje à tarde a diretora e a orientadora educacional da Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão, em São Caetano do Sul, no Grande ABC paulista. Elas estiveram na 3.º DP de São Caetano por volta das 14 horas.

Agora, a delegada Lucy Mastellini Fernandes vai montar o cronograma para colher os depoimentos dos alunos sobre a tragédia que aconteceu semana passada. Na tarde de quinta-feira, 22, um aluno de 10 anos atirou contra a professora e se suicidou em seguida.

Ainda nesta semana, a polícia pretende colher os depoimentos de alguns alunos. O objetivo é de esclarecer qual foi o motivo do crime. A professora Rosileide Queirós de Oliveira, que continua internada no Hospital das Clínicas, na zona oeste de São Paulo, também será ouvida.

O aluno do 4º ano C foi socorrido pelos bombeiros e encaminhado ao Hospital de Emergência Albert Sabin, na Avenida Keneddy, em São Caetano, onde sofreu duas paradas cardíacas e morreu.

A professora foi resgatada pelo helicóptero Águia da Polícia Militar e levada para o HC. Ela foi atingida na região posterior do lado esquerdo na altura do quadril e sofreu fratura na patela direita. Ela não corre risco de morte.

A arma usada no crime pertence ao pai da criança, um guarda civil municipal.