Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dinamarca aprova lei que permite casamento gay em igrejas

Por Keld Navntoft 7 jun 2012, 14h58

O Parlamento da Dinamarca aprovou nesta quinta-feira uma lei que permite aos homossexuais se casarem na igreja Evangélica Luterana (oficial no Estado dinamarquês), apesar de deixar para os pastores a opção de realizar a cerimônia ou pedir que outro assuma esta responsabilidade.

A lei, apresentada pelo governo de centro-esquerda no início do ano, recebeu 85 votos a favor e 24 contra e duas abstenções, apesar de 68 legisladores não comparecerem à sessão.

No entanto, os pastores não serão obrigados a realizar estas cerimônias se considerarem que vão contra suas convicções.

A Dinamarca foi o primeiro país do mundo a permitir que casais homossexuais oficializassem uniões civis em 1989 e, mais tarde, deu aos homossexuais o direito de terem estas uniões reconhecidas pela Igreja, mas a nova lei define seu direito a uma cerimônia religiosa.

Em 2009, também reconheceu o direito dos homossexuais em adotar crianças.

Continua após a publicidade
Publicidade