Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma se diz ‘consternada’ com execução e manda chamar embaixador

O Palácio do Planalto confirmou a execução neste sábado, em Jacarta, às 15h31 (horário de Brasília), do brasileiro Marco Archer. A presidente Dilma Roussef, em nota, disse estar “consternada e indignada” com o ocorrido. Marco Archer foi condenado à morte após ter sido julgado e condenado por ter ingressado na Indonésia com 13 quilos de cocaína, há 11 anos.

A presidente Dilma Rousseff telefonou na sexta-feira para o presidente Joko Widodo para fazer um apelo pessoal em favor de Moreira, mas ouviu um ‘não’ como resposta. O governo brasileiro também pediu que o papa Francisco intercedesse e, em uma derradeira tentativa de dissuadir o governo indonésio, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao chefe do Ministério Público local uma solicitação de adiamento da execução. Várias organizações internacionais de defesa dos direitos humanos também se manifestaram contra a decisão da Indonésia.

Para a presidente Dilma, a decisão do presidente indonésio “afeta gravemente as relações entre nossos países”. A nota do governo brasileiro informa ainda que o embaixador do Brasil em Jacarta está sendo chamado a Brasília para consultas.

Leia também:

Em conversa com Dilma, presidente indonésio nega clemência a brasileiro

“Mereço mais uma chance”, diz brasileiro condenado na Indonésia

Quase 1.000 brasileiros estão presos por tráfico no exterior

Holanda tenta evitar execução de condenado na Indonésia

Na área diplomática, chamar o Embaixador é um dos primeiros gestos de demonstração de estremecimento nas relações bilaterais. A nota diz ainda que “o recurso à pena de morte, que a sociedade mundial crescentemente condena, afeta gravemente as relações entre nossos países”.

As relações comerciais entre Brasil e Indonésia podem ser descritas como inexpressivas. O país asiático compra basicamente commodities agrícolas brasileiros – soja, algodão, milho e açúcar – e vende óleos vegetais e borracha para os brasileiros. Em 2014, o valor total do comércio entre os dois países somou 454 milhões de dólares, pouco mais de 0,01% dos mais de 445,4 bilhões de dólares que o comercio exterior brasileiro movimentou no ano passado.

Confira a íntegra do comunicado:

A Presidenta Dilma Rousseff tomou conhecimento – consternada e indignada – da execução do brasileiro Marco Archer ocorrida hoje às 15:31 horário de Brasília na Indonésia.

Sem desconhecer a gravidade dos crimes que levaram à condenação de Archer e respeitando a soberania e o sistema jurídico indonésio, a Presidenta dirigiu pessoalmente, na sexta-feira última, apelo humanitário ao seu homólogo Joko Widodo, para que fosse concedida clemência ao réu, como prevê a legislação daquele país.

A Presidenta Dilma lamenta profundamente que esse derradeiro pedido, que se seguiu a tantos outros feitos nos últimos anos, não tenha encontrado acolhida por parte do Chefe de Estado da Indonésia, tanto no contato telefônico como na carta enviada, posteriormente, por Widodo.

O recurso à pena de morte, que a sociedade mundial crescentemente condena, afeta gravemente as relações entre nossos países.

Nesta hora, a Presidenta Dilma dirige uma palavra de pesar e conforto à família enlutada.

O Embaixador do Brasil em Jacarta está sendo chamado a Brasília para consultas.

(Com Estadão Conteúdo)