Clique e assine a partir de 8,90/mês

Diário do nazista Josef Mengele é leiloado nos EUA

Por Ho - 18 jul 2011, 16h15

A casa de leilões americana “Alexander Autographs” colocará à venda nesta quinta-feira o diário inédito do criminoso de guerra nazista Josef Mengele, o médico apelidado “O Anjo da Morte”, morto no Brasil há 32 anos.

São 3.500 páginas, avaliadas entre 300.000 e 400.000 dólares.

O documento a ser leiloado comporta escritos autobiográficos, poesia, reflexões filosóficas, anotados entre 1960 e 1975, informa a “Alexander Autographs”, situada em Stamford, Connecticut (nordeste).

A casa não precisa, no entanto, a identidade do vendedor.

Os 31 lotes, “de uma importância histórica, foram escritos à mão, algumas vezes ilustrados, e estão em excelente condição”, precisa o comunicado.

Algumas passagens revelam descrições precisas de excursões na selva, paisagens conhecidas, o trabalho diário em fazendas.

Josef Mengele compunha poemas, que escrevia em seus diários, contendo, também, considerações sobre “as raças” e sobre a política. Chegou a descrever, assim, sobre as mudanças nos sul-americanos: “a proximidade sexual leva a uma mistura terrível de raças com os norte-europeus… quando se começa a misturar raças, a civilização declina”, registrou.

O criminoso de guerra nazista, nascido no dia 16 de março de 1911 na Alemanha, esteve ativo no campo de concentração de Auschwitz, onde participou da seleção dos deportados que deveriam ser submetidos à câmara de gás, de forma imediata. Durante sua permanência em Auschwitz, realizou experimentos com numerosos prisioneiros.

Mengele conseguiu fugir da Europa após a guerra, não tendo sido jamais capturado. Viveu na América Latina, em especial, no Brasil, com pseudônimos diversos, até sua morte, em 1979, aos 67 anos.

Continua após a publicidade
Publicidade