Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dia Mundial Sem Carro é pouco notado em Curitiba

Por Evandro Fadel, correspondente

Curitiba – Sem apoio formal da prefeitura de Curitiba, pelo segundo ano consecutivo, o Dia Mundial Sem Carro foi pouco notado na cidade, que manteve trânsito semelhante ao de outros dias.

As comemorações ficaram restritas a um grupo de ciclistas que, no fim da tarde, reuniu-se na Praça Santos Andrade, onde está instalado o prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, para manifestações e um passeio por ruas próximas.

Apesar de haver uma lei municipal sancionada em outubro de 2004, que institui a comemoração desse dia na cidade, o último grande evento patrocinado pela prefeitura de Curitiba aconteceu em 2009, quando várias ruas centrais foram interditadas para a circulação de carros.

O movimento realizado hoje pelos ciclistas também teve o objetivo de cobrar a construção de ciclovias na cidade.

Entre as principais cidades do Estado, um grupo de ciclistas de Maringá também programou um passeio durante a tarde. A prefeitura de Londrina incorporou-se ao movimento mundial pela primeira vez e fechou uma das ruas centrais da cidade entre as 7 e 19 horas.

Na Rua Professor João Cândido foi permitido o tráfego apenas de táxis e ônibus do transporte coletivo.

Para incentivar o uso do transporte coletivo, o prefeito Barbosa Neto (PDT) determinou que os estacionamentos pertencentes à prefeitura permanecessem fechados durante todo o dia. O próprio prefeito foi trabalhar usando bicicleta. À tarde, um grupo de crianças de escolas municipais e particulares participou de uma passeata pedindo Paz no Trânsito.