Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Devo ser incompetente para roubar’, diz Garotinho

Candidato ao governo do Rio de Janeiro evitou falar de condenação em processo e disse que leva uma vida de "classe média"

Com a habitual ironia, o deputado federal Anthony Garotinho (PR), candidato ao governo do Rio de Janeiro, afirmou nesta quinta-feira que “deve ser incompetente para roubar”. A declaração foi feita ao falar da condenação por formação de quadrilha e outros processos que ele e a mulher, Rosinha Garotinho, respondem, durante entrevista ao RJTV, telejornal da Rede Globo. Antes de ironizar e fugir da resposta sobre os processos, o ex-governador atacou adversários como o ex-deputado Jorge Picciani (PMDB), o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e o deputado estadual Paulo Melo (PMDB).

“Quem comprou fazenda foi o Piccani. Quem comprou casa em Mangaratiba foi o Sérgio Cabral. Quem montou fazenda cinematográfica foi o Paulo Melo. Eu levo uma vida normal de classe média. Devo ser incompetente para roubar”, afirmou Garotinho na entrevista.

O ex-governador esquivou-se da maioria das perguntas com ataques. Ao ser questionado por que não mencionou nenhuma proposta de combate a milícias em seu plano de governo, Garotinho tergiversou: “Quando a gente fala em combate ao crime organizado, está incluído milícias”.

Leia também:

Garotinho se esquiva de ligação com policial condenado

Fornecedores de Rosinha doam R$ 2,5 mi à campanha de Garotinho