Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Detido no Rio menor suspeito de estuprar mulher em ônibus

Padrasto do menor de 16 anos negociou rendição com delegado. Desde a divulgação de imagens do crime, adolescente ficou escondido na casa da avó, em Duque de Caxias

Apontado como o estuprador que violentou uma mulher dentro de um ônibus da linha 369 (Bangu-Carioca), o menor de 16 anos que aparece nas imagens do circuito interno de TV do coletivo apresentou-se no início da tarde desta terça-feira à Polícia Civil do Rio. A apresentação foi negociada pelo padrasto do adolescente, enquanto ele era mantido escondido na casa da avó, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A conversa foi intermediada pelo delegado Carlos Augusto Nogueira da 33ª DP (Realengo), na Zona Oeste do Rio. O menor se apresentou aos policiais em um ponto escolhido da Rodovia Washington Luís.

Assista: Vídeo mostra ação de estuprador em ônibus no Rio

A vítima do estupro foi até outra unidade da Polícia Civil, a 17ª DP (São Cristóvão), para fazer o reconhecimento do rapaz. O menor teria confessado o crime. Segundo informações da Polícia Civil, ele seria morador da favela Para Pedro, em Irajá. Até então, o jovem não tinha passagens pela polícia.

Leia mais:

Por dentro da mente de um estuprador

O suspeito alegou estar sob efeito de cocaína quando cometeu os crimes de assalto e estupro. A decisão de cometer o crime, no entanto, seria arrecadar dinheiro para a festa em que comemoraria seus 17 anos, no próximo domingo. Depois do assalto e do estupro, disse o rapaz, ele pegou carona com um motoboy para fugir do local. A arma do crime – que não está mais com o bandido – teria sido comprada em um lixão, em Duque de Caxias, por 450 reais que obteve trabalhando em biscates.

Leia mais:

Mulher estuprada em ônibus no Rio relembra os momentos de terror

A rendição foi possível, segundo o delegado da 33ª DP, devido ao reconhecimento do rapaz. Um policial identificou o suspeito nas imagens, disse conhecer a família e levou o delegado à mãe do estuprador. Ela teria colaborado com a rendição.

O rosto do menor ficou conhecido a partir da divulgação, na tarde de segunda-feira, de um vídeo feito pela câmera de segurança do ônibus. O vídeo mostra claramente a ação do criminoso, que entra no coletivo com uma mochila, de onde saca uma arma com a qual anuncia o assalto e obriga o motorista a continuar dirigindo. Depois de ordenar que todos os passageiros fiquem no fundo do veículo, ele pega uma mulher pela mão, volta com ela para um banco da frente e a estupra. O ataque aconteceu por volta das 15h30 da última sexta-feira.

LEIA TAMBÉM:

Casos de estupro crescem no Rio

Turista americana foi estuprada oito vezes na van do terror

Estupradores da van tentaram ‘negociar’ americana em favela