Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desgaste de Temer e morte de PM no RJ nas manchetes de 27/10/17

Para líderes da base aliada, governo não conseguirá aprovar reformas impopulares

Desgaste do presidente Michel Temer com a base aliada do Congresso e morte de comandante de batalhão da PM no Rio de Janeiro estão nas manchetes dos principais jornais do país nesta sexta-feira. Em entrevista à Folha de S.Paulo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que barrar denúncias contra Temer gerou desgaste. No Estado de S.Paulolíderes dos principais partidos que apoiam o governo avisam que a reforma da Previdência dificilmente avançará no Congresso. O Globo destaca assassinato de oficial ao reagir a arrastão no Méier.

Folha de S.Paulo
Planalto não tem votos para aprovar projetos, diz Maia
Para Rodrigo Maia, o Planalto ficou desgastado ao tentar — e conseguir— barrar na Câmara as duas denúncias da Procuradoria-Geral da República contra o presidente. “Qualquer matéria polêmica vai precisar de uma reorganização da base”, diz. Além de melhorar a relação com o Congresso, Temer precisará, segundo Maia, controlar aliados que cultivam intrigas. 

O Estado de S.Paulo
Temer prioriza reforma da Previdência, mas base resiste
Apesar de a reforma da Previdência ter sido definida como prioridade após a rejeição da segunda denúncia contra Temer, líderes dos principais partidos da base aliada disseram que dificilmente a matéria avançará no Congresso até as eleições de 2018. Mesmo um texto mais enxuto da proposta de emenda à Constituição (PEC) e projetos de lei de menor alcance que complementem as mudanças são considerados de aprovação improvável.

França descobre R$ 71 milhões em conta de Teixeira
Suspeito de ter participado de compra de votos para que o Catar fosse eleito sede da Copa de 2022, o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira teve uma conta com US$ 22 milhões (R$ 71,1 milhões) identificada por procuradores franceses em banco de Mônaco.

O Globo
Até quando? Comandante de batalhão da PM é morto
Comandante do batalhão da PM no Méier, o coronel Luiz Gustavo Teixeira, de 48 anos, foi executado ao reagir a um arrastão, ontem à tarde, numa rua movimentada do bairro. O carro com o oficial foi atingido por pelo menos 18 tiros. Quatro bandidos participaram da execução. O total de policiais militares mortos este ano no Estado do Rio é 112. 

Valor Econômico
Petrobras enfrenta disputas tributárias de R$ 144 bilhões
Disputas tributárias podem custar à Petrobras quatro vezes o valor discutido em processos cíveis, trabalhistas e ambientais. Nas esferas administrativa e judicial, a estatal tem processos que somam R$ 144 bilhões.

Correio Braziliense
Presídio federal será inaugurado em janeiro no DF
Construída em área da Papuda, a penitenciária de segurança máxima está pronta e deve abrigar alguns dos condenados mais perigosos do país.