Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deputado estadual tem carro atingido por tiros

Geraldo Moreira foi atacado na Baixada Fluminense. Ele responde por homicídio, acusado de ser mandante de assassinato em 2008

Criminosos atacaram, na noite de segunda-feira, o carro oficial em que estava o deputado estadual do Rio Geraldo Moreira, do PTN. O ataque ocorreu quando Moreira passava pela Rodovia Washington Luís, na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os bandidos estavam em um veículo não identificado. Três dos tiros atingiram o carro do parlamentar, que pretende andar com seguranças a partir de gaora.

Ao jornal ‘O Dia’, Moreira afirmou que recebeu um telefonema anônimo há dois meses, denunciando uma trama dentro do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM para matá-lo. Ele não detalha, no entanto, o que fez para desagradar à tropa de elite da PM fluminense.

Geraldo Moreira já esteve dos dois lados da opinião pública sobre crimes no estado. Quando esteve do lado que enfrenta o crime, ele foi presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj. Mas em 2008 veio um episódio menos confortável para o político: ele responde por homicídio, acusado de ser o mandante da morte do médico Carlos Alberto Peres de Miranda, assassinado na Tijuca.