Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Depois de multa a ciclista, bicicleta elétrica será regulamentada no Rio

Prefeito anuncia decreto para a próxima segunda-feira. Polêmica surgiu depois da apreensão de uma bicicleta e das multas aplicadas irregularmente a um cinegrafista em uma blitz da Operação Lei Seca

Por Da Redação 4 Maio 2012, 12h33

Desta vez, foi a Lei Seca quem ‘bebeu’ – e os agentes foram afastados. Mas a polêmica sobre a apreensão de uma bicicleta a motor e as multas aplicadas a um ciclista, na semana passada, evidencia a enorme distância entre o sonho de ser uma cidade “amiga da bicicleta” e a realidade desse transporte no Rio. O exemplo é perfeitamente aplicável a outras cidades brasileiras, em maior ou menor grau, devido à falta de regulamentação nacional para as bicicletas elétricas e as com pequenos motores a gasolina. Mas dada a ambição – ou seria prepotência? – da prefeitura do Rio, o caso se torna um pouco mais grave.

Recentemente, no lançamento de medas pós 2012, na revisão do Plano Estratégico da Prefeitura do Rio, foi apresentado um plano ambicioso. Entre as iniciativas, há uma dedicada à bicicleta. “Rio Capital da Bicicleta”, diz o capítulo. Meta: alcançar 450 quilômetros de ciclovias até 2016, com 300 Km já no fim deste ano. Há também previsão para criação de 1.000 bicicletários até o ano dos Jogos Olímpicos.

A realidade: na noite de sábado, o ciclista Marcelo Toscano Bianco ficou indignado ao perceber que a tenda da blitz da Lei Seca havia sido montada sobre a ciclovia da Avenida Francisco Otaviano, que liga Ipanema a Copacabana. Parou para fotografar o que considerou um abuso. Foi repreendido com a apreensão da bicicleta e multado em 1.723,86 reais, por estar sem capacete e por não ter habilitação para veículo acima de 50 cilindradas. Um detalhe: a bicicleta é elétrica, para a qual não há regulamentação, apesar da proliferação desse tipo de veículo. E, portanto, também não há o que infringir.

Com um bom atraso – para a cidade que almeja ser ‘capital’ da bicicleta – o prefeito Eduardo Paes avisou esta manhã em seu Twitter que vai regulamentar o uso da bicicleta elétrica em um decreto que será publicado na segunda-feira. E, na esfera estadual, a satisfação ao público foi dada com o afastamento dos agentes que multaram o ciclista, algo que claramente foi feito como represália às fotografias que ele fazia no momento, e não por estar cometendo alguma irregularidade de trânsito.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)