Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Depois de Carolina, Maitê Proença reclama de Regina Duarte: ‘Se excedeu’

Atriz afirmou que a montagem publicada pela nova secretária de Cultura "dá a entender" que ela apoia o governo Bolsonaro

Por Da redação Atualizado em 1 fev 2020, 16h31 - Publicado em 1 fev 2020, 11h28

Depois de Carolina Ferraz, a atriz Maitê Proença também se queixou neste sábado, dia 1, de ter a sua foto publicada por Regina Duarte no Instagram. Segundo Maitê, o uso da sua imagem sugere que ela apoia o governo do presidente Jair Bolsonaro, o que não é verdade.

“Eu também não gostei de ter sido usada em uma montagem que dá a entender o apoio a um governo que não aprovo. Regina se excedeu! Que fique claro: não aprovo este governo, mas apoiarei até a morte o direito de quem pensa diferente de mim”, escreveu Maitê Proença.

Nomeada pelo presidente Jair Bolsonaro para ser a nova secretária Especial da Cultura, Regina Duarte publicou uma montagem que mostra a foto de artistas como Carolina Ferraz, Ary Fontoura, Marcio Garcia, Glória Perez, Carlos Vereza, Rosamaria Murtinho, Luiz Fernando Guimarães, Carla Daniel, Malvino Salvador, entre outros, que, em tese, apoiariam a sua nomeação.

Outro que não gostou foi Luiz Fernando Guimarães, que publicou a seguinte mensagem em seu Instagram: “Apoio a querida Regina, e espero que faça um belo trabalho, porém não concordo com a administração atual, e não compactuo dos mesmos pensamentos e ideias. Já solicitei que retirassem minha imagem das postagens”.

Carla Daniel também se manifestou: “Regina, vamos deixar claro uma coisa. Apoiei a sua coragem e seu amor a cultura e só. Não compactuo com esse governo e nem o anterior. Beijos”.

Carolina Ferraz foi a primeira entre os artistas a se queixar de ser associada ao governo Bolsonaro. Ela pediu para que Regina retirasse a sua foto da montagem, o que ela acabou fazendo. Carolina chegou a enviar um áudio de WhatsApp para a nova titular da pasta da Cultura, dizendo que “não compactua” com o governo e que a publicação foi uma “indelicadeza da sua parte”.

Nesta quarta-feira, Regina disse “sim” ao presidente Bolsonaro e irá assumir a Secretaria Especial da Cultura após a exoneração de Roberto Alvim, demitido do cargo por copiar um discurso do nazista Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Adolf Hitler, veiculado num vídeo institucional da pasta.

 

Post de Regina Duarte que mostra a foto de Carolina Ferraz
Post de Regina Duarte que mostra a foto de Carolina Ferraz Instagram/Reprodução

Regina Duarte decidiu retirar a montagem das suas redes sociais na tarde deste sábado, 1.

Continua após a publicidade
Publicidade