Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Delúbio também se beneficiou de esquema, diz Gurgel

Por Da Redação
3 ago 2012, 16h01

Por Eduardo Bresciani

Brasília – O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, destacou na sua exposição sobre a atuação de Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, no caso do mensalão, que, além de participar da distribuição de recursos, ele também se beneficiou do esquema. Segundo Gurgel, Delúbio teria recebido R$ 500 mil.

“A ação de Delúbio Soares como integrante do grupo criminoso não se limitou a indicar o destinatário final das propinas, mas se beneficiou”, disse o procurador. “Ele não hesitou em locupletar-se com o esquema”, concluiu.

Gurgel destacou saques feitos a mando de Delúbio nos quais não há a destinação de beneficiário do dinheiro. Enfatizou as constantes reuniões do ex-tesoureiro com o publicitário Marcos Valério, apontado como coordenador operacional do esquema. Afirmou ainda que o tesoureiro era “subordinado” a Dirceu dentro da organização. “Delúbio era o elo entre o núcleo político comandado por Dirceu e os operacional e financeiro, comandados por Marcos Valério”.

Apesar de não ser mais réu por ter feito acordo com o Ministério Público, o ex-dirigente petista Silvio Pereira não foi esquecido. Gurgel destacou que ele agiu nos bastidores do governo negociando alianças políticas a mando de Dirceu. Para o procurador, isso ocorreu porque o esquema não era legal e o ex-ministro não poderia pedir o serviço a auxiliares na Casa Civil. “Não era possível a José Dirceu confiar a servidores da Casa Civil a negociação ilícita que fazia com parlamentares”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.