Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De volta ao Brasil, Joesley depõe sobre repasses a Lula e Dilma

Dono da JBS foi ouvido pela Procuradoria da República do DF no âmbito da Operação Bullish

O empresário e delator Joesley Batista, que retornou ao Brasil no domingo, prestou depoimento na segunda-feira sobre repasses de mais de 80 milhões de reais para os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, no exterior. A oitiva do dono da JBS aconteceu na Procuradoria da República do Distrito Federal, no âmbito da Operação Bullish, que investiga fraudes no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O executivo da JBS e delator Ricardo Saud também foi ouvido.

O retorno de Joesley ao Brasil foi confirmado em nota divulgada nesta terça-feira pela assessoria do grupo J&F, que controla a empresa JBS. Conforme o texto, Joesley saiu do país para proteger a integridade de sua família, “que sofreu reiteradas ameaças” desde que ele decidiu fechar acordo de delação premiada. O comunicado informa ainda que o empresário estava na China, e não “passeando na Quinta Avenida”, nos Estados Unidos.

A delação de sete executivos do grupo J&F, que também incluem o irmão de Joesley, Wesley Batista, caiu como uma bomba em Brasília, abrindo a maior crise enfrentada pelo presidente Michel Temer desde a sua ascensão e suscitando o debate sobre a manutenção dele no cargo máximo do Executivo. Em diversas manifestações públicas, o peemedebista precisou vir a público para dizer que não renunciaria ao posto.

Operação Bullish

Deflagrada no dia 12 de maio, cinco dias antes do vazamento da delação dos executivos da J&F, a Bullish investiga possíveis irregularidades no repasse de 8,1 bilhões de reais do BNDES para empresas do grupo J&F. A investigação em que Joesley foi ouvido foi instaurada pelo procurador Ivan Marx porque o desmembramento promovido pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), baseou-se na conexão dos fatos narrados pelos delatores com as irregularidades no banco público.

Na delação, Joesley Batista narrou que, em 2009, foi criada uma conta para receber os repasses relacionados a Lula e, no ano seguinte, outra foi aberta para envio de valores relacionados a Dilma. O empresário revelou que, em dezembro naquele ano, o BNDES adquiriu de debêntures da JBS, convertidas em ações, no valor de 2 bilhões de dólares, “para apoio do plano de expansão”.

“O depoente escriturou em favor de Guido Mantega, por conta desse negócio, crédito de 50 milhões de dólares e abriu conta no exterior, em nome de offshore que controlava, na qual depositou o valor”, relatou Joesley. Segundo o empresário, em reunião com Mantega, no final de 2010, o petista pediu a ele “que abrisse uma nova conta, que se destinaria a Dilma”. Nesse momento, disse o delator, foi perguntado a Mantega se Lula e Dilma sabiam do esquema. “Guido confirmou que sim”, disse ele.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ricardo Andreucci

    O que mais deixa indignado o brasileiro decente e trabalhador, é ver esse criminoso Joesley que praticou em torno de 254 crimes, ficar zazando no Brasil e no mundo, soltinho da silva, e a dupla Janot & Fachin nada vê de estranho, achando que ninguém vai perceber o golpe que querem dar em Temer. Nada dizem sobre o Amigo ou Nine, pentaréu, não se tem previsão nenhuma de prisão, que no power point do Deltan, foi apontado como chefe da quadrilha.

    Curtir

  2. Paulo Vielmo

    Vamos ver o que vai dizer desta vez o Joesley Safadão. Espero que dê o serviço completo. Tem muito a falar do mordomo, do Boca Mole, do lulladrão, da dilmandioca do aecim, do meirelles, enfim, tem muito a falar de muita gente. A diferença entre o Joesley e o Temeroso é que aquele é um bandido empreendedor, que mesmo com suas falcatruas dá emprego para muita gente e gera riquesas para si e para o país. Já Temeroso é um bandido dissimulado, que age nos bastidores, parasitando os cofres públicos e protegendo a corja de políticos igualmente corruptos , que gravitam a sua volta. Gostaria de vê-los confrontando-se frente a frente à luz do dia e não às escondidas à noite no palácio Jaburu.

    Curtir

  3. A Folha diz que as manifestações de 2013 só serviram para levar ao poder o partido mais corrupto da história. Quanta hipocrisia. A Folha agora quer dizer que o PT é a única esperança do povo brasileiro. De acordo com reportagem da Folha foi o PMDB que criou as campeãs nacionais da corrupção. Foi o PSDB que começou com o mensalão e petrolão. De acordo com Folha, o PT foi obrigado a aceitar, como se não fosse o mandante e facilitador de toda essa bagunça.

    Curtir

  4. Belo trabalho da PGR. E agora o Temer, bocozão, o Aécio, cheirado, como ficam, dizendo que ele estava nos EUA. Papelão! Idiotas! E esse PSDB se vendendo por 4 ministérios. Só pode ter propina nessa jogada, porque capital político nenhum.

    Curtir

  5. ANTONIA TERESINHA SABOIA

    Vejamos se vão prender esse bandido!

    Curtir

  6. Jorge Iório

    Os canalhas Lula e Dilma merecem apodrecer na cadeia pelo mal que fizeram à Nação e aos seus milhões de habitantes! Em nome de um projeto criminoso de poder e de enriquecimento pessoal, não tiveram o menor escrúpulo em quebrar o país; preferiram favorecer canalhas iguais a eles mesmos e, assim se esquecerem do dever que tinham para com cada cidadão desse país!

    Curtir

  7. Wilson A. Zamignani

    PETISTAS F*D*P ROUBARAM E DESTRUÍRAM O NOSSO PAÍS

    Curtir

  8. Fábio Luís Inaimo

    Ahh !! Então ele estava gastando nosso dinheiro na China, não na quinta avenida !!! Agora sim posso dormir tranquilo, afinal trata-se dos irmãos vingadores PeTralhas premiados !!

    Curtir

  9. Fábio Luís Inaimo

    José petralha,vai comer tua alfafa que ta esfriando!!!

    Curtir

  10. Você emite um cheque de 5 mil e o sistema financeiro lhe cobra uma explicação
    É um país de bandidos de todos os lados

    Curtir