Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De volta à luz

Em Sete Lagoas, aposentado conserta lâmpadas queimadas de mercúrio - de graça - e ajuda a evitar que a substância contamine a natureza

A cidade de Sete Lagoas (MG) é famosa por sua grande concentração de indústrias. A maior parte delas são grandes companhias vindas de fora da cidade. Mas o município também tem exemplos de inovação que surgem de iniciativas individuais.

Paulo Roberto Magalhães tem 60 anos e é técnico em eletroeletrônica aposentado. Quando parou de trabalhar, ele desenvolveu um método simples para consertar lâmpadas compactas de mercúrio queimadas. Agora, Magalhães oferece esse serviço à vizinhança. O custo: zero. Basta entregar uma lâmpada queimada e pegar outra, funcionando, de volta.

Leia também:

O Ciclo do Ouro não acabou em Minas

“Em média, 90% das lâmpadas que as pessoas descartam têm conserto”, diz ele, que recebeu mais de cinquenta lâmpadas queimadas em maio. A solução é simples: normalmente, a falha ocorre no componente eletrônico ou no filamento da lâmpada, mas o mercúrio continua intacto. Basta substituir as peças defeituosas.

A maior preocupação de Paulo Roberto é com o meio ambiente: quando o descarte é mal feito, o vapor de mercúrio contamina a natureza e a recomposição demora até 100 anos. A substância é nociva à saúde. Na cidade de Sete Lagoas, não há serviço de recolhimento das lâmpadas, e os estabelecimentos comerciais não fazem o conserto delas. Quando a lâmpada é irrecuperável, Paulo Roberto a encaminha para o fabricante.

Agora, o aposentado quer repassar adiante as técnicas que utiliza para aumentar a reutilização das lâmpadas de mercúrio e, consequentemente, reduzir a quantidade de lâmpadas descartadas de forma inadequada em Sete Lagoas.

Infográfico: A Expedição VEJA, quilômetro a quilômetro

Mural: A Expedição nas redes sociais

Saiba quando a Expedição VEJA vai chegar a cada cidade
Datas* Cidade
6/5 Jundiaí/SP
7/5 Joinville/SC
9/5 Não-me-toque/RS
11/5 Guarapuava/PR
12/5 Três Lagoas/MS
14/5 Rondonópolis/MT
15/5 Sorriso/MT
17/5 Barra do Garças/MT
18/5 Brasília/DF
19/5 Luis Eduardo Magalhães/BA
21/5 Cristino Castro/PI
22/5 Picos/PI
23/5 São Gonçalo do Amarante/CE
25/5 Iguatu/CE
26/5 Petrolina/PE
28/5 Irecê/BA
29/5 Janaúba/MG
30/5 Sete Lagoas/MG
1/6 Porto Real/RJ
3/6 São José dos Campos/SP