Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Datafolha: avaliação de Bolsonaro se mantém no índice mais alto

Mesmo com o avanço do número de casos do novo coronavírus no país, aprovação de Bolsonaro continua estável, em 37%, enquanto reprovação é de 32%

Por Da Redação 13 dez 2020, 19h04

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo, 13, mostra que, apesar do avanço do número de casos da Covid-19 no país e dos questionamentos em torno do plano de vacinação, a avaliação do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) segue no seu melhor patamar desde o início do mandato. O levantamento, realizado entre os dias 8 e 10 de dezembro, mostra que 37% dos entrevistados acham o presidente ótimo ou bom – mesma porcentagem registrada na pesquisa do mesmo instituto feita em 29 e 30 de agosto.

O índice de reprovação de Bolsonaro teve uma pequena variação em relação à pesquisa do mesmo instituto, em agosto. Os brasileiros que consideravam o presidente ruim ou péssimo representavam 34% da população e agora são 32%; e os que o avaliam como regular ficam na casa dos 29% (antes eram 27%).

A pesquisa Datafolha, realizada por telefone, ouviu 2.016 pessoas. Embora o índice de aprovação do presidente se mantenha no mesmo nível nos últimos quatro meses, ainda de acordo com os dados do instituto, Bolsonaro segue como o mandatário do país com a pior avaliação. Isso, considerando os eleitos pelas urnas para um primeiro mandato depois de 1985, com exceção de Fernando Collor (1990-1992).

O resultado de pesquisas anteriores:

Agosto: Ótimo/bom: 37%; Regular: 27%; Ruim/péssimo: 34%; NS/NR: 1%

Junho: Ótimo/bom:32%; Regular: 23%; Ruim/péssimo: 44%; NS/NR: 1%

Maio: Ótimo/bom:33%; Regular: 22%; Ruim/péssimo: 43%; NS/NR: 2%

Abril: Ótimo/bom: 33%; Regular: 26%; Ruim/péssimo: 38%; NS/NR: 3%

 

Continua após a publicidade
Publicidade