Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Corpos de Eduardo Campos e de demais vítimas de acidente aéreo deixam IML de São Paulo

Restos mortais do candidato do PSB à Presidência devem chegar a Recife por volta das 22h. Homenagens e enterro serão realizados neste domindo

Por Da Redação 16 ago 2014, 16h35

Os corpos de Eduardo Campos e das outras seis vítimas do acidente aéreo ocorrido em Santos, na última quarta-feira, deixaram o Instituto Médico Legal de São Paulo por volta das 16h15 deste sábado. Sete carros formaram o comboio que saiu do IML em direção à Base Aérea de Guarulhos, na Grande São Paulo, de onde os restos mortais devem seguir para Recife (PE), Governador Valadares (MG) e Maringá (PR). A previsão é que o corpo de Campos chegue a Recife por volta das 22h, quando deve começar o velório.

A identificação dos restos mortais com exames de DNA foi encerrada por volta das 13h. A superintendente da Polícia Técnica Cientifica, Norma Bonaccorso, afirmou que o trabalho de identificação dos restos mortais “foi muito complexo”. Uma equipe de cinquenta pessoas trabalhou desde a quarta-feira, dia do acidente, para identificar os restos mortais das vítimas. Os analistas tiveram que realizar exames de reconhecimento genético, já que os corpos dos sete ocupantes ficaram irreconhecíveis depois que a aeronave ficou totalmente destruída como consequência do forte impacto com o solo.

O governo pernambucano afirmou que o translado dos corpos será feito em um avião modelo Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB). Ao chegar à Base Aérea da capital pernambucana, que fica próxima ao Aeroporto Internacional dos Guararapes, na Zona Sul da cidade, a comitiva deve levar os corpos diretamente para o Palácio das Princesas, sede do governo pernambucano, onde será iniciado o velório. O trajeto em carro aberto foi definido pela viúva de Campos, Renata, e por familiares, que acompanharão o percurso ao lado de autoridades em vans.

Uma estrutura especial foi montada diante do Palácio para receber a cerimônia fúnebre. No mesmo local, serão velados os corpos de Carlos Augusto Ramos Leal Filho (o Percol), assessor de imprensa de Campos, e Alexandre Severo, fotógrafo da campanha do presidenciável. O cinegrafista Marcelo de Lyra, o ex-deputado Pedro Valadares Neto, assessor particular de Campos, e os pilotos Geraldo da Cunha e Marcos Martins serão sepultados em outras cidades.

Os restos mortais de Campos serão transportados em carro do Corpo de Bombeiros da base aérea do Recife até o Palácio Campo das Princesas. Os corpos de Percol, Severo e Lyra serão transportados em carros funerários. Lyra será velado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista (PE).

Uma foto de cada um será colocada sobre os caixões, que devem estar cobertos com as bandeiras do Brasil. A viúva de Campos já escolheu a foto que ficará sobre o caixão do marido: o ex-governador aparecerá com uma bandeira do Brasil ao fundo.

No domingo, está marcada para as 10h uma missa campal, também em frente ao Palácio. O evento, realizado a pedido da família de Campos, será aberto ao público. O sepultamento deve ocorrer entre 16h e 17h no cemitério de Santo Amaro, também no centro do Recife.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)