Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Coronavírus: Prefeitura do Rio cancela festa oficial de réveillon

Decisão foi anunciada pelo atual prefeito Marcelo Crivella nesta terça-feira

Por Cássio Bruno Atualizado em 15 dez 2020, 18h11 - Publicado em 15 dez 2020, 18h08

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), anunciou na tarde desta terça-feira, 15, o cancelamento do réveillon oficial da cidade por causa da pandemia do novo coronavírus. A decisão foi comunicada por Crivella depois de uma reunião com secretários para fazer um balanço do fim do mandato. A partir de 1º de janeiro de 2021, quem assume é o prefeito eleito Eduardo Paes (DEM).

Este ano, a ideia da prefeitura era fazer a comemoração da virada sem a presença de público e sem queima de fogos para evitar a aglomeração, mas com festa online e acompanhada pela televisão. A celebração ocorreria em pontos turísticos da capital e não na orla, como já é tradição carioca, por exemplo, em Copacabana, na Zona Sul.

“É uma decisão necessária para a proteção de todos. A festa será a da esperança por bons resultados das vacinas para conter a pandemia. Será ainda um momento de reflexão sobre um ano difícil, de luta, com lamentáveis perdas de tantas pessoas. E será também hora de dar graças a Deus pelas vidas salvas”, afirmou Crivella.

“Quando anunciamos o novo modelo para o Réveillon Rio 2021, falamos em responsabilidade social. O nosso discurso permanece. O motivo do cancelamento nada mais é que uma decisão consciente e responsável”, completou o presidente da Riotur, Fabricio Villa Flor.

Continua após a publicidade
Publicidade