Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Começa no Rio o julgamento de motorista e passageiro do ônibus 328

Coletivo despencou de viaduto, deixando nove mortos, durante briga entre o condutor e um estudante. Parentes das vítimas serão ouvidos na 5ª Vara Criminal da capital

Começa hoje no Rio a primeira audiência de instrução e julgamento de André Luiz da Silva e Rodrigo dos Santos Freire, respectivamente, o motorista e o estudante que estavam no ônibus da linha 328 (Castelo-Bananal) que despencou na Avenida Brasil, em 2 de abril deste ano. O acidente, que aconteceu durante uma briga entre o motorista e o passageiro, provocou a morte de nove pessoas e deixou sete feridos. Vinte e uma testemunhas, entre passageiros que testemunharam a briga, sobreviventes e parentes das vítimas que morreram, serão ouvidos pelo juízo da 5ª Vara Criminal da Capital do Tribunal de Justiça do Rio.

André Luiz da Silva foi denunciado pelo Ministério Público pelo crime de atentado contra a segurança do transporte viário. Rodrigo responde pelos crimes de lesão corporal qualificada – seis graves e uma gravíssima – e nove crimes de lesão seguida de morte.

De acordo com as investigações, o motorista André Luiz da Silva dirigia de forma imprudente. Além de trafegar acima da velocidade permitida na Avenida Brasil, o condutor não parava em determinados pontos e não esperava os passageiros descerem nas paradas para dar partida no veículo.

Segundo testemunhas, a discussão que originou o acidente teria ocorrido porque o motorista não teria esperado o estudante descer do ônibus. Após intensa discussão, Freire pulou a catraca do veículo, bateu boca e deu um chute no rosto do condutor. O jovem já tinha duas passagens pela polícia, ambas por lesão corporal. O motorista perdeu o controle do ônibus, que despencou de uma altura de oito metros do viaduto Brigadeiro Trompowski, na Avenida Brasil.

Leia também:

MP denuncia dois por acidente de ônibus na Avenida Brasil

Motorista teria levado chute no rosto antes de acidente na Avenida Brasil

Ônibus cai de viaduto na Avenida Brasil e sete morrem

Ônibus que caiu de viaduto tinha vistoria vencida e 47 multas