Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Comandante do Bope deixa o cargo, confirma PM do Rio

Nome de substituto não foi anunciado - nem cargo que Fábio Souza passará a ocupar na corporação

Por Da Redação 16 mar 2014, 12h10

O tenente-coronel Fábio Souza deixou o cargo de comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a tropa de elite da Polícia Militar do Rio. A saída foi confirmada pela PM, que atribuiu a mudança a uma “estratégia de comando da corporação” e afirmou que Souza vai ocupar outro cargo, ainda não divulgado. O nome de seu substituto também não foi anunciado.

Um boato de que a mudança teria ocorrido por causa de críticas atribuídas a Souza por meio de redes sociais ao comandante-geral da PM, José Luis Castro Menezes, foi negado pela PM, que divulgou nota afirmando que “o comandante não tem conhecimento de que o tenente-coronel Fábio Souza o teria criticado em redes sociais”.

Morte – Uma moradora do Morro da Congonha, em Turiaçu, na Zona Norte do Rio, morreu ao ser atingida por uma bala perdida na manhã deste domingo. O Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 9º Batalhão da PM realizava uma operação de combate ao tráfico na comunidade. Segundo a polícia, agentes trocavam tiros com um grupo de aproximadamente 20 criminosos quando a mulher, de identidade ainda não confirmada, foi ferida. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. Ainda não se sabe se o tiro que atingiu a mulher foi disparado por policiais ou criminosos. Um suspeito, ainda não identificado, também morreu baleado durante a ação.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade