Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bolsonaro fica mais perto de ser alvo de processo penal, diz criminalista

Em live de VEJA, o advogado Celso Vilardi comentou operação da PF e afirmou que investigação colocou o ex-presidente no 'rol de investigados'

Por Da Redação
Atualizado em 9 fev 2024, 12h29 - Publicado em 9 fev 2024, 09h05

O avanço das investigações que miram o presidente Jair Bolsonaro por tentativa de golpe é o tema principal da live de Os Três Poderes desta sexta, 9. O advogado criminalista Celso Vilardi explica os desdobramentos do caso e responde perguntas dos colunistas Matheus Leitão, Robson Bonin e Ricardo Rangel. O editor Ricardo Ferraz apresenta o programa semanal de VEJA, que traz análises dos principais fatos da semana.

A investigação da PF sobre a tentativa de golpe de Estado que culminou na ação contra Jair Bolsonaro e prendeu militares e ex-assessores do Planalto mostra que o cerco ao ex-presidente está se fechando. “A ação desta quinta trouxe elementos concretos sobre a tentativa de golpe”, disse Vilardi.

Sobre a atual situação do ex-presidente, o criminalista afirmou que a operação da PF colocou o ex-capitão no “rol de investigados” e o deixou mais próximo de ser alvo de uma denúncia. “O que é muito claro é que ele se aproximou de um processo penal grave de uma forma definitiva.”

Segundo a acusação e conforme mostra capa de VEJA, Bolsonaro teve participação ativa na conspiração que melaria o resultado das eleições de 2022 e evitaria a posse de Lula. O delírio autoritário chegou ao ponto de serem discutidos detalhes de uma minuta justificando a ação e combinando a prisão de autoridades, entre elas, Alexandre de Moraes. A VEJA, o ex-presidente, que teve o passaporte apreendido pela PF, negou que tenha recebido o documento golpista: ‘Nunca chegou a mim’

Continua após a publicidade

‘Cercadinho’ resistente

A longa lista de investigações que atingem Jair Bolsonaro não produziu até agora nenhum estrago visível na popularidade do ex-presidente. A capacidade de resistência dele foi quantificada em um novo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas. A empresa questionou os eleitores sobre em quem eles votariam para presidente se a eleição fosse hoje, colocando o capitão como uma das opções. No cenário principal, Lula alcança 36,9% e Bolsonaro, 33,8%. Em um hipotético segundo turno: o petista tem 43,9% e o político do PL, 41,9%. Apesar de inelegível até 2030, Bolsonaro disse a VEJA que ‘pretende’ ser candidato em 2026.

Avaliação do governo Lula

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas traz más notícias para a avaliação do governo Lula. Segundo a sondagem, a aprovação à administração federal diminuiu e sua desaprovação aumentou em fevereiro deste ano, em comparação a março de 2023. Há quase um ano, 54,4% aprovavam a gestão, contra 48% no levantamento atual. Em sentido inverso, 47% dos eleitores disseram agora desaprovar o petista, quase 10 pontos a mais do que o registrado em março, quando o índice estava em 38%. A pesquisa ouviu 2.026 eleitores entre 24 e 28 de janeiro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.