Clique e assine a partir de 8,90/mês

Colisão entre trens no Ceará deixa 37 feridos; dois estão em estado grave

Composições bateram de frente, na mesma linha; ainda não há confirmação oficial sobre as causas do acidente

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 28 set 2019, 17h30 - Publicado em 28 set 2019, 17h09

Um acidente entre composições do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) deixou 37 feridos no início da tarde deste sábado, 28, em um viaduto no Bairro de Fátima, em Fortaleza, Ceará.

Os metrôs, da linha Parangaba/Mucuripe, estavam em fase de testes e colidiram de frente, o que indica que, possivelmente, um dos veículos estava no trilho errado.

Por enquanto, a confirmação é de que 37 pessoas tiveram ferimentos leves e foram atendidas no local. O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para prestar atendimento às vítimas.

De acordo com Tenente Romário Fernandes, porta voz do Corpo de Bombeiros, os dois maquinistas ficaram em situação mais grave, pois estavam presos às ferragens. “O primeiro saiu consciente e orientado. O segundo um pouco mais grave, com lesões nos membros inferiores e nas mãos, mas também consciente”, esclareceu.

Os dois maquinistas e mais sete passageiros foram encaminhados ao Instituto Doutor José Frota (IJF). Ao Jornal Estado de S. Paulo, o hospital não soube precisar o número de feridos presentes na unidade, tampouco o estado de saúde das vítimas. Os passageiros com ferimentos mais leves foram levados a hospitais mais próximos do local do acidente – Frotinha da Parangaba e Frotinha de Messejana.

Imagens mostram que a parte dianteira dos metrôs ficaram bem amassadas. Ainda não há confirmação oficial sobre as causas da colisão. Em nota, a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) afirmou que está dando todo o suporte às vítimas do acidente e que as causas estão sob apuração.

Continua após a publicidade
Publicidade