Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cinco mortos em tomada de reféns na Alemanha

Um homem que, ao que parece, não queria ser despejado do apartamento no qual vivia, protagonizou nesta quarta-feira uma tomada de reféns em um bairro residencial de Karlsruhe (sudoeste da Alemanha) que terminou com cinco mortos, incluindo o sequestrador.

Todas as pessoas que permaneceram na residência morreram, indicou um porta-voz da polícia.

As forças de segurança invadiram o local depois de sentir cheiro de queimado, e encontraram os corpos.

A polícia informou inicialmente que a tomada de reféns deixou três ou quatro mortos, mas os agentes descobriram depois no local o corpo de uma mulher, provavelmente a proprietária do apartamento.

Entre as vítimas também estavam um agente de justiça e um funcionário de serralheria. A identificação das demais vítimas seguia em andamento na tarde desta quarta-feira.

As autoridades devem informar nas próximas horas mais detalhes sobre a tragédia.

A tomada de reféns teve início às 09h00 locais (03h00 de Brasília) em um apartamento do quinto e último andar de um imóvel situado em um arborizado bairro residencial, poucos quilômetros ao norte do centro da cidade.

Ocorreu quando seria realizado um desalojamento forçado na presença do oficial de justiça, entre outras pessoas, segundo informações da polícia.

Cerca de 200 policiais foram mobilizados no local, entre eles membros das forças especiais de intervenção. Vários veículos policiais e ambulâncias estavam estacionados diante do edifício onde ocorreu a tragédia, segundo imagens da televisão.

Foi mobilizado um grande dispositivo de segurança em torno do imóvel desta cidade de 295 mil habitantes.

O sequestrador estava ameaçado de expulsão forçada de seu apartamento. O homem, que ainda não foi identificado, estava fortemente armado. A rede de televisão N-TV afirmou que estava em posse de granadas.

Segundo a agência alemã DPA, ele seria um caçador. O indivíduo ocupava o apartamento do qual deveria ser expulso, mas teria se refugiado junto ao oficial da autoridade judicial em um edifício onde vivem várias famílias.

A edição on-line do jornal local Badische Zeitung indicou que o edifício fica perto de duas escolas e creches. A polícia recebeu muitas ligações de pais inquietos.