Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Chuva inunda trechos da Via Dutra, interrompe trânsito e causa engarrafamento gigante

Protesto de moradores de Queimados também suspendeu circulação. Deslocamentos foram prejudicados na cidade do Rio, com inundações na Avenida Brasil, uma das principais artérias do município

Por Daniel Haidar, do Rio de Janeiro
Atualizado em 5 jun 2024, 10h16 - Publicado em 11 dez 2013, 12h40

A forte chuva que atingiu o Rio de Janeiro inundou trechos da Via Dutra nesta quarta-feira e deixou diversos quilômetros engarrafados. Moradores de Queimados afetados pelas chuvas também interromperam o tráfego entre o quilômetro 188 e o 193 para protestar.

Rio tem manhã de caos, com ruas alagadas e vias bloqueadas

Baixada: Em Queimados, moradores são retirados de casa de barco

No início da tarde, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) reforçou o policiamento na via devido a notícias de que bandidos estariam saqueando caminhões e roubando bolsas e celulares de motoristas parados ao longo da rodovia. Um helicóptero da PRF auxilia o trabalho dos policiais.

Não há previsão para liberação dos trechos alagados. Na altura de Belford Roxo, o alagamento interrompeu o trânsito na pista marginal sentido Rio. Na altura de Nova Iguaçu, também no sentido Rio, foi suspenso o tráfego na pista expressa. O prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier (PMDB), declarou estado de calamidade pública. O excesso de água na pista também interditou o tráfego na altura de Jardim América, zona norte do Rio de Janeiro.

Os deslocamentos na cidade do Rio de Janeiro também ficaram comprometidos. O tráfego na Radial Oeste foi interditado nos dois sentidos desde 9h devido à formação de bolsões de água na pista. O trânsito foi liberado por volta das 10h15. A Avenida Brasil também está bloqueada desde 8h40 na altura do Trevo das Margaridas por alagamentos. A pista lateral da Avenida Brasil, na altura do Caju e na altura de Manguinhos, também chegou a ser interditada, mas já foi liberada.

A Linha 2 do Metrô do Rio de Janeiro também deixou de circular no trecho entre Pavuna e Colégio devido à forte chuva. Nos trens da Supervia, as composições atrasaram a vida dos passageiros. Ramais de Saracuruna e Belford Roxo ficaram completamente parados por acúmulo de água. A estação de Olaria permanece fechada.

Continua após a publicidade

O prefeito Eduardo Paes pediu à população que evite deslocamentos desnecessários. “Nosso apelo é para que as pessoas que não tiverem que se deslocar pelas grandes vias que não se desloquem. E que os motoristas fiquem atentos às informações atualizadas pelo Centro de Operações da prefeitura”, afirmou.

Desabamentos – Segundo a Secretaria Estadual de Defesa Civil do Rio de Janeiro, houve registros de desabamentos na cidade do Rio e na Baixada Fluminense. Em Nilópolis, foi registrado um desabamento na Rua Sargento Manoel Rodrigues. Em Anchieta, houve desabamento e uma vítima foi socorrida, mas não há informações sobre o estado de saúde. Em Realengo, duas vítimas socorridas. Em Austin, uma vítima foi socorrida com vida e encaminhada para o Hospital Geral de Nova Iguaçu.

De acordo com Pedro Junqueira, chefe de operações do Centro de Operações da Prefeitura do Rio, em 10 horas o volume de chuvas foi superior à média do mês de dezembro. “O volume acumulado é preocupante, porque após as chuvas, até uma chuva leve pode ser o que faltava para ocasionar deslizamentos”, disse Junqueira em entrevista ao “RJTV”, da TV Globo.

Mais chuvas – O secretário estadual de Defesa Cicil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros do estado, coronel Sérgio Simões, informou que a previsão é de que a chuva continue, mas com menor intensidade ao longo do dia.

https://youtube.com/watch?v=0qMvXQ1ZoKU%3Frel%3D0

Continua após a publicidade

Rua 28 de Setembro, em Vila Isabel

Moradores registraram o alagamento na 28 de Setembro, principal rua de Vila Isabel, que liga o bairro à Tijuca e ao Centro.

https://youtube.com/watch?v=Wn_p8w4SVR4%3Frel%3D0

Ruas alagadas na Zona Norte do Rio

As primeiras horas da chuva, na noite de terça-feira, na Zona Norte do Rio.

Continua após a publicidade

https://youtube.com/watch?v=3HTRs1TTIEo%3Frel%3D0

Alagamento em Guadalupe

Ruas de Guadalupe alagadas no início da manhã desta quarta-feira.

https://youtube.com/watch?v=fYBfAqq6Wzw%3Frel%3D0

Chuva na Zona Norte do Rio

Continua após a publicidade

Moradores de Guadalupe tentam voltar para casa em segurança, na manhã desta quarta-feira.

https://youtube.com/watch?v=w_HXhqScRMI%3Frel%3D0

Alagamento em Mesquita, na Baixada Fluminense

A chuva alagou ruas de Mesquita, na Baixada Fluminense, no início da madrugada.

https://youtube.com/watch?v=bh0Mw8lTIvk%3Frel%3D0

Continua após a publicidade

Alagamentos na Pavuna

Ruas da Pavuna alagadas na manhã desta quarta-feira.

https://youtube.com/watch?v=Wu0t1iwdN5U%3Frel%3D0

Em Olaria, moradores ficaram ilhados

No bairro de Olaria, na Zona Norte, ruas foram transformadas em rios pelos alagamentos.

https://youtube.com/watch?v=59Ct-ZRFMMU%3Frel%3D0

Transbordamento do Rio Botas, em Nova Iguaçu

Morador registra o transbordamento do Rio Botas, em Nova Iguaçu.

https://youtube.com/watch?v=8BnKpTOC_dw%3Frel%3D0

Ruas alagadas na Zona Norte

Morador da Zona Norte registra alagamentos no início da manhã.

https://youtube.com/watch?v=LAR1TMUhV-c%3Frel%3D0

Alagamento no Jardim América

Morador do Jardim América, na Zona Norte, têm dificuldade para sair de casa na manhã desta quarta-feira.

https://youtube.com/watch?v=d6WpWYXVXOM%3Frel%3D0

Ruas alagadas no Jacarezinho

Alagamentos no Jacarezinho, na Zona Norte.

https://youtube.com/watch?v=qcgx1woQuxg%3Frel%3D0

Caminhão é saqueado em Irajá

Moradores de Irajá flagraram o momento em que um caminhão é saqueado na Avenida Brasil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.