Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chuva inunda bairros, deixa um morto e interdita via no Rio

Defesa Civil orienta moradores de áreas de risco a abandonarem residências

As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro na noite desta segunda-feira deixaram a cidade em estado de alerta, provocaram a inundação de bairros e a interdição da Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá.

A Defesa Civil da cidade registrou pelo menos quatro pontos de deslizamento nas favelas JK, Andaraí, Borel e Chacrinha, todos sem nenhuma vítima. Outro ponto de deslizamento se deu na Autoestrada que liga Grajaú a Jacarepaguá. Uma pedra se desprendeu das rochas e rolou para a via em frente ao Morro da Árvore Seca, provocando a sua interdição completa. Equipes da Geo-Rio já foram deslocadas para o local com o objetivo de fazer avaliação geotécnica.

Na Tijuca, choveu cerca de 200 milímetros em apenas três horas, quantidade correspondente ao volume médio de 40 dias. Sirenes da Defesa Civil alertaram os moradores de regiões de risco a deixarem suas residências e procurarem abrigo em locais mais seguros. O alerta foi dado nas comunidades do Borel, Formiga, Chacrinha, Cotia, Arrelia, Encontro, Santa Terezinha, Dona Francisca e Cachoeira Grande.

Na Praça da Bandeira, um homem foi encontrado morto, vítima de afogamento.

A Supervia informa que as estações de trem Mangueira, Maracanã e Praça da Bandeira estão fechadas na manhã desta terça-feira. Os ramais Bangu, Deodoro e Campo Grande operam apenas parcialmente.

Alguns bairros da cidade permanecem sem luz desde a noite desta segunda-feira. A Light, a concessionária responsável pelo fornecimento no Rio de Janeiro, disse que ainda não há previsão para o restabelecimento da energia.