Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chuva complica trânsito e aeroportos e deixa o Rio em estado de alerta

Previsão é de que tempo só melhore na sexta-feira. Cidade enfrenta engarrafamentos, pontos de alagamento e falta de energia

Por Da Redação - 14 set 2011, 12h15

A chuva que começou a cair nas primeiras horas desta quarta-feira complicou a vida dos cariocas. Durante a madrugada, a cidade sofreu com alagamentos e equipes da Defesa Civil entraram em alerta para o risco de deslizamentos em encostas. Sete bairros da região da Bacia da Baía de Guanabara, a faixa da zona norte mais próxima ao espelho d’água, entraram em estado de alerta às 7h30 por conta da volta da chuva. A previsão é de que o tempo só volte a melhorar na sexta-feira.

O trânsito ficou caótico em toda a cidade, com congestionamentos mais graves nas zonas norte e sul e no centro.Durante a manhã, a situação era mais grave na região da Tijuca, no centro, em Madureira, Penha, Ilha do Governador, Bangu (zona oeste) e Pavuna. Nesses locais, o risco é de chuva forte e deslizamentos. No restante da cidade, o estado é de atenção.

Na Tijuca e no Maracanã, o Rio Maracanã transbordou, complicando o trânsito na altura da Radial Oeste. Garis da Comlurb tentam desobstruir ralos entupidos. Cinco bairros tiveram falta de energia: Santa Cruz e Jacarepaguá, na zona oeste, parte do Alto da Boa Vista, Bento Ribeiro e São Cristovão, na zona norte.

O Aeroporto Santos Dumont ficou fechado entre das 7h às 8h e parte dos voos foi transferida para o Aeroporto Internacional do Galeão/Tom Jobim. Mesmo depois da liberação, pousos e decolagens foram feitos apenas por instrumentos.

Publicidade