Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chega a 5 número de mortos por causa de chuvas no Rio

Subiu para cinco o número de mortos em consequência das chuvas no Rio de Janeiro. A Secretaria Municipal de Saúde confirmou a morte de um homem, eletrocutado em um alagamento no centro da cidade.

Edson Conceição, de 39 anos, foi atingido na Rua do Passeio e encaminhado ao Hospital Souza Aguiar, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo está sendo encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve ainda mais quatro mortes.

Na Chácara do Céu, no Leblon, zona sul da capital fluminense, uma casa desabou após o rolamento de uma pedra. Um corpo foi encontrado na área do desabamento e o outro num córrego próximo. O Corpo de Bombeiros não soube informar se a segunda pessoa estava dentro da casa. Um homem foi identificado como Luciano R. Modesto, 38 anos.

Os bombeiros também encontraram o corpo de Carlos M. Silva, 58 anos, que estava desaparecido desde ontem à noite na Rocinha, zona sul do Rio. Moradores entraram em contato com o Corpo de Bombeiros depois de ele ter sido arrastado pela chuva.

Em Rocha Miranda, na zona norte, o corpo de Luiz Carlos F. Cancio foi achado na manhã de hoje após ter sido arrastado pela chuva em um córrego próximo à Avenida dos Italianos, por volta das 20h de ontem.

Após críticas nas redes sociais por causa dos alagamentos, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), publicou em seu Instagram que ainda restam intervenções importantes para minimizar os problemas de enchentes.

“A situação melhorou. Precisa muita chuva para alagar, mas o sistema ainda não está pronto”, disse.

Com Estadão Conteúdo