Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chefe de imigração da Flórida detido por pornografia infantil

O chefe do serviço de Imigração e Alfândega (ICE, na sigla em inglês) do sul da Flórida foi detido, esta terça-feira, sob as acusações de possuir e distribuir ponografia infantil na internet, segundo o registro da prisão do condado de Broward, perto de Miami.

Anthony V. Mangione, de 50 anos, foi detido por agentes da polícia federal (FBI) e ficará na prisão do condado até que se apresente à corte federal de Fort Lauderdale, na quarta-feira, noticiou o jornal The Miami Herald, que acompanha o caso.

Contatados pela AFP, porta-vozes do ICE em Washington e na Flórida disseram que não tinham comentários a fazer sobre o tema. Mas o site na internet do gabinete do xerife de Broward divulgou que o acusado permanece preso em Fort Lauderdale.

Mangione estava à frente do escritório regional do ICE desde 2007.

Em abril deste ano, foi afastado temporariamente do cargo por causa de uma investigação federal sobre quatro imagens pornográficas que supostamente teria recebido em sua conta pessoal de e-mail.

A investigação lançou mais luzes para as autoridades, que incluíram a acusação de distribuição de pornografia online com imagens ilegais de crianças, segundo informações dadas ao jornal por fontes ligadas ao caso.

Segundo as fontes, a AOL, que monitora a distribuição de pornografia infantil pelos usuários, alertou uma ONG sobre as imagens supostamente enviadas ao computador de Mangione.

O Centro Nacional para Menores Desaparecidos e Abusados enviou a informação a uma agência que investiga a distribuição de pornografia infantil pela internet e foi assim que as autoridades exigiram que a AOL fornecesse a identidade e o endereço IP do computador que recebeu as fotos.