Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carvalho prometeu ajudar Greenhalgh

As investigações da Polícia Federal revelaram que o chefe de gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho, prometeu auxiliar o advogado e ex-deputado petista Luiz Eduardo Greenhalgh, que trabalhou para o banqueiro Daniel Dantas, a tentar descobrir mais detalhes dos trabalhos da Operação Satiagraha. O pedido de um petista e a promessa do outro aconteceram num telefonema recente entre os dois. Carvalho não comentou o caso.

Daniel Dantas, acusado pela PF de comandar uma organização criminosa dedicada a praticar crimes financeiros, já sabia que estava sendo investigado pelos agentes. Em função disso, confiou a Greenhalgh a missão de tentar descobrir o que estava sendo investigado pela PF. “Ah, eu vou ver”, disse o chefe de gabinete do Planalto, homem de confiança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao ex-deputado, informa reportagem do jornal O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira.

Na terça, o procurador da República Rodrigo de Grandis lamentou o fato de o pedido de prisão de Greenhalgh ter sido negado pela Justiça — ele afirma que não tem dúvidas de que Greenhalgh participava da organização criminosa, fazendo lobby para o grupo de Dantas “junto a altas autoridades do Executivo e empresas estatais”. Greenhalgh, por sua vez, nega ter qualquer envolvimento em esquema corrupto — diz que era só advogado do banqueiro.