BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Continua após publicidade

Candidatos à Câmara abrem horário eleitoral

Por Irene Ruberti
19 ago 2008, 14h27

Entre sérios e brincalhões, os candidatos a vereador da cidade de São Paulo abriram nesta terça-feira o horário eleitoral gratuito. Muitos usaram o pouco tempo disponível para tentar falar de suas propostas, enquanto outros tentaram fazer a população paulistana rir. Teve ainda os que pediram votos para si e deixaram de mostrar apoio ao candidato a prefeito pela chapa, além dos que falaram mais do prefeito do que deles mesmos. Mas ninguém atacou outro candidato.

Durante a apresentação do PSDB, os ex-aliados do prefeito e candidato à reeleição Gilberto Kassab (DEM) e vereadores da bancada tucana não mostraram apoio ao candidato à prefeitura Geraldo Alckmin. Após o breve discurso dos candidatos, entrava uma vinheta do partido pedindo votos ao ex-governador.

Durante o espaço do PT, os candidatos a vereadores mostraram seus projetos e declaram apoio à Marta Suplicy, que concorre à prefeitura de São Paulo. No rádio, a propaganda teve ao fundo um jingle da campanha da ex-ministra. Na televisão, a foto dela estava estampada no cenário da propaganda do PT.

A coligação DEM, PMDB e PR, que tem o maior tempo de propaganda (7min33s), vinculou todos os seus depoimentos à candidatura de Kassab. Alguns candidatos da coligação defenderam a construção de mais CEUs (Centro Educacional Unificado), projeto que teve início na administração de Marta Suplicy, do PT.

O candidato a vereador Celso Russomano iniciou o horário do PP pedindo votos e declarando apoio ao candidato à prefeitura Paulo Maluf. Em 2006, Russomano afirmou ao jornal Diário do Grande ABC que a sua “briga para tirar o Paulo Maluf dos quadros do partido estava muito clara”. Os dois disputaram a indicação do partido para concorrer ao cargo de prefeito.

Continua após a publicidade

O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical, abriu o horário eleitoral do PDT pedindo votos para seus correligionários. Paulinho da Força é acusado de envolvimento num suposto esquema de fraude no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O primeiro dia de horário eleitoral também ficou marcado pela presença de “candidatos-celebridades”. Com uma faixa do Corinthians na cabeça e uma camiseta da torcida do clube, o ex-jogador Dinei disse “nunca vou te abandonar, corintiano vota em corintiano”. O cantor e apresentador, Netinho de Paula, Wladimir (ex-jogador do Corinthians), a esposa do ex-lutador Maguila, Irani Pinheiro, o ex-judoca Aurélio Miguel, Agnaldo Timóteo, Caju (da dupla Caju e Castanha) e a ex-vedete Marly Marley também apareceram.

A propaganda eleitoral teve início com o PTC e PT do B, coligação que apóia a candidatura de Ciro Moura à prefeitura de São Paulo. PSL, PCB, PTN, PSDC, PRTB e PCO tiveram apenas 33 segundos de participação no horário eleitoral. O programa do PSOL contou com a presença da ex-senadora Heloisa Helena. O PPS aproveitou seu horário para pedir votos para a candidata Soninha Francine.

Os candidatos a prefeito e vice-prefeito terão seus programas transmitidos às segundas, quartas e sexta-feira, sendo dois blocos de meia hora em cada veículo. No rádio, às 7h e às 12h. Na televisão, às 13h e às 20h30.

Continua após a publicidade
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine VEJA pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

a partir de R$ 29,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.