Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Câmara deve flexibilizar ‘A Voz do Brasil’, diz Temer

Por Da Redação - 19 jun 2012, 22h36

Por Rafael Moraes Moura

Brasília, 19 – A Câmara dos Deputados vai conseguir que seja aprovada “sem dificuldades” a flexibilização do programa “A Voz do Brasil”, disse nesta terça-feira o presidente da República em exercício, Michel Temer, durante a abertura do 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão. Temer também afirmou que seria um `retrocesso” qualquer restrição à liberdade de informação no País.

“Tenho certeza que com a liderança do presidente Marco Maia, ele vai conseguir que se aprove isso (a flexibilização de “A Voz do Brasil”) sem maiores dificuldades”, discursou Temer.

Um projeto que permite a veiculação do programa entre as 19h e 22h depende de acordo para ser votado pelo plenário da Câmara. O texto prevê que as emissoras comerciais e comunitárias ficam liberadas para transmitir o programa oficial no período entre as 19h e as 22h (horário oficial de Brasília). Atualmente, “A Voz” é transmitido das 19h às 20h.

Publicidade

Temer também destacou a consolidação da democracia brasileira e a liberdade de imprensa em seu discurso.

“Quando estávamos no Legislativo nós tínhamos a convicção permanente da importância da liberdade de imprensa, de informação, de associação, de manifestação. A partir de 1988, nós consolidamos o regime democrático no País, de modo que muitas vezes, quando eu ouço falar do tema da liberdade de imprensa, que é um tema sempre presente, eu aqui comigo digo que atingimos tal maturidade política no País que seria um retrocesso inadmissível qualquer restrição à liberdade de informação e falo isso hoje pelo poder Executivo”, afirmou.

Publicidade