Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brumadinho: revisão dos Bombeiros pode reduzir o número de desaparecidos

Membros da corporação relatam casos de pessoas localizadas e nomes duplicados em listas; dados oficiais até o momento indicam 165 mortos e 155 desaparecidos

O número de desaparecidos na tragédia de Brumadinho pode ser reduzido após a verificação das listas oficiais, segundo declarações de porta-vozes dos Corpo de Bombeiros. Pelos dados divulgados nesta terça-feira, até o momento foram contabilizados 165 mortos e 155 pessoas ainda não foram localizadas.

Na noite desta segunda-feira 12, em entrevista para a TV Record, o capitão do Corpo de Bombeiros, Thiago Miranda, afirmou que cinco das pessoas dadas como desaparecidas foram reencontradas, o que baixaria o total para 150. “Em uma verificação mais apurada, detectou-se que algumas pessoas haviam se abrigado na casa de parentes ou amigos”, declarou.

Porém, a informação foi prontamente desmentida por porta-voz da corporação, o tenente Pedro Aihara, em entrevista para o jornal O Estado de Minas. 

Aihara informou que existe um processo de revisão das listas e é provável que o total de desaparecidos seja reduzido, mas não confirma o dado de cinco pessoas localizadas. Segundo ele, alguns nomes estavam repetidos nas compilações feitas pelos diferentes órgãos e pela mineradora Vale.

“No momento de tragédia, temos uma lista de diferentes polícias, da Defesa Civil e da própria Vale. Então, fizemos uma apuração detalhada. As situações podem variar. A gente está checando tudo com a Defesa Civil e com a Polícia Civil. Essa informação (do capitão Thiago Miranda) está equivocada”, disse Aihara.

Os dados oficiais, com o novo total de desaparecidos, devem ser divulgados no próximo boleitm da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec/MG).