Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brasil ultrapassa 100 mil mortes causadas pelo coronavírus

Autoridades e personalidades se pronunciaram nas redes sociais a respeito da marca atingida pelo país na pandemia

Por Da Redação - 8 ago 2020, 18h54

O Brasil ultrapassou a marca de 100.000 mortes causadas pela pandemia do coronavírus, neste sábado, 8. De acordo com o Ministério da Saúde, o país acumula 2.094.293 óbitos e cerca de 3 milhões de casos confirmados.

O marco foi alvo de comentários de autoridades e personalidades nas redes sociais. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, informou que decretou luto oficial de quatro dias no Congresso em solidariedade às vítimas da pandemia. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro José Antonio Dia Toffoli, também decretou luto oficial por três dias na Corte.

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro usou sua página em uma rede sociais para se solidarizar com as famílias das vítimas. “Não podemos nos conformar, nem apenas dizer #CemMilEdaí. São mais de 100 mil mortos; 100 mil famílias que perderam entes para a Covid. Que a ciência nos aponte caminhos e que a fé nos dê esperança”, escreveu.

Nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro, criticado pela inoperabilidade diante da alta constante de casos e mortes no país, disse que “junto com os meios que temos, temos como realmente dizer que fizemos o possível e o impossível para salvar vidas” durante live transmitida na noite da última quinta-feira, 6. Dias antes, o presidente declarou que a população deve “tocar a vida” ao comentar a aproximação da marca de 100.000 mortes.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade