Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil confirma financiamento para estrada boliviana

Empréstimo de 332 milhões dólares foi concedido para obra no país vizinho

O embaixador brasileiro na Bolívia, Marcel Biato, confirmou nesta segunda-feira o compromisso do Brasil de financiar a estrada Villa Tunari-San Ignacio de Moxos, mas informou que a administração de La Paz deve encontrar o mecanismo para torná-lo efetivo. “O compromisso do Brasil com o financiamento continua. Cabe à Bolívia encontrar a fórmula para que isso possa se concretizar”, disse o diplomata à imprensa, ao lembrar que essa ratificação já foi dada pela presidente Dilma Rousseff a Evo Morales durante o encontro que tiveram em Caracas.

“Nosso compromisso é facilitar ao máximo uma solução”, disse o representante brasileiro. Ele completou que o assunto “está em processo de negociação em função da mudança na legislação boliviana”.

O Brasil concedeu à Bolívia um empréstimo de 332 milhões de dólares para a execução de uma estrada de 300 km do departamento de Cochabamba a Beni (Amazônia), que incluía três trechos. O primeiro e o terceiro estão em execução, mas o segundo foi suspenso pela pressão dos indígenas que questionaram o traçado, porque dividia seu território. “Precisamos fazer um ajuste nesses contratos e reduzi-los aos trechos um e três porque há elementos financeiros que não podem esperar”, disse a Ministra do Planejamento, Viviana Caro.

(Com agência France-Presse)