Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil admite falhas na venda de carne à UE

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, revelou que frigoríficos brasileiros venderam carne bovina não rastreada à União Européia (UE). A afirmação ¿ feita nesta quarta-feira em audiência pública da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado ¿ ocorre às vésperas da retomada das discussões com a UE para o fim do embargo ao produto imposto pelo bloco ¿ válido desde 1º de fevereiro.

Stephanes afirmou, porém, que o embargo europeu tem motivação comercial, e não sanitária. Segundo ele, os produtores da UE, liderados pelos irlandeses, elegeram o Brasil como “inimigo” comercial no setor. “O mercado europeu está sob pressão interna (dos produtores locais), que buscam encontrar qualquer oportunidade para barrar a carne brasileira, que é mais barata”.