Clique e assine a partir de 9,90/mês

Reféns são liberados após sequestro em Correios de SP

Criminosos teriam abordado funcionária antes da chegada dela à unidade de atendimento da estatal, que fica na Zona Leste da capital paulista

Por Da Redação - Atualizado em 15 Maio 2017, 12h47 - Publicado em 15 Maio 2017, 11h36

Um bandido invadiu uma agência dos Correios na Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, na manhã desta segunda-feira, fazendo seis funcionários reféns, segundo a GloboNews. Existe a suspeita de que o criminoso teria abordado uma das colaboradoras antes mesmo da chegada dela à agência. A princípio, imaginou se tratar de até seis assaltantes, mas, ao final, ficou confirmado que havia apenas um dentro da unidade e um outro que conseguiu fugir.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estiveram no local, negociando a liberação dos reféns, o que ocorreu após cerca de cinco horas sob o controle dos bandidos. Na sequência, procederam à prisão do sequestrador que, segundo a emissora de TV, teriam exigido a presença da imprensa para conversarem com os agentes a respeito da soltura dos profissionais e da saída da agência.

De acordo com o Grupo de Ações Técnicas Especiais (Gate), o principal objetivo do criminoso era roubar dinheiro e o crime foi aparentemente premeditado. Havia um segundo envolvido que não adentrou na agência, mas, segundo o major que foi responsável pela ação, ainda vai se averiguar o paradeiro deste.

A PM teria sido acionada após um contato através do serviço de atendimento à emergência, no ramal 190. Não se sabe, ainda, quem procurou os policiais, se alguém que está dentro da agência ou algum transeunte que estranhou a movimentação. Em nota enviada ao site de VEJA, os Correios informam que “o referido caso está sendo acompanhado pelos órgãos de segurança pública, no local.”

Continua após a publicidade
Publicidade