Clique e assine com 88% de desconto

Ato terrorista é simulado em estação de trem do Rio

Cerca de 500 pessoas participaram da ação que faz parte do treinamento da equipe de segurança vai trabalhar nos jogos olímpicos

Por Da redação - Atualizado em 16 jul 2016, 16h59 - Publicado em 16 jul 2016, 16h55

As forças de segurança que atuarão nas Olimpíadas no Rio fizeram, na manhã deste sábado, uma simulação de um ataque terrorista. O ato ocorreu na estação de trens de Deodoro, bairro da zona Oeste com sete instalações olímpicas, e faz parte do treinamento da equipe de segurança vai trabalhar nos jogos.

A simulação mobilizou 500 pessoas. Alguns voluntários que trabalham na organização das Olimpíadas se passaram por passageiros feridos e foram levados para a plataforma, onde receberam os primeiros socorros.

Força de Segurança contra o terrorismo no Rio de janeiro
Conjunto das forças de segurança contra terrorismo para os jogos Rio 2016, na cidade do Rio de janeiro Ueslei Marcelino/Reuters

Além do resgate de feridos, o treinamento envolveu a explosão de uma bomba colocada em uma a mochila abandonada, ao lado dos trilhos. Também foram simuladas a troca de tiros e a perseguição a terroristas.

A Secretaria de Segurança do Estado do Rio divulgou, no Twitter, que a o objetivo do ato foi “testar o planejamento e ações da resposta em um cenário crítico”. Participaram do treinamento, além das Forças Armadas, policiais federais, civis, bombeiros, guardas municipais e profissionais da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça.

Publicidade

O horário dos trens não sofreu alteração por causa da simulação.

Publicidade