Clique e assine a partir de 8,90/mês

Aposentadorias se tornam mina de ouro para os sindicatos

Por Da Redação - 21 jul 2010, 09h00

Com a ajuda do governo, os sindicatos transformaram as aposentadorias de segurados do INSS em uma verdadeira mina de ouro. Boa parte dos aposentados não sabe, mas, todo mês, seu benefício sofre um desconto de até 2% para pagar a mensalidade sindical. A cobrança, autorizada por lei, só pode ser feita com autorização do segurado. Um levantamento do jornal O Globo divulgado nesta quarta-feira, porém, mostra que a realidade não é bem assim.

De acordo com a reportagem, somente no mês passado, 11 entidades conveniadas embolsaram 21 milhões de reais com a contribuição de aposentados – ao ano, o montante pode chegar a 252 milhões de reais. Os sindicatos acertam a contribuição diretamente com o Ministério da Previdência, por meio de uma lista com os nomes de segurados cujo benefício deve ser descontado. O problema é que muitos aposentados sequer sabem que estão contribuindo com os sindicatos.

Isso ocorre porque o contracheque dos inativos está disponível apenas na internet – e não chega a casa dos aposentados pelo correio. Para receber um reembolso da contribuição não autorizada, é preciso reclamar. E é ai que os sindicatos contam com a ajuda do governo. Na última quarta-feira, a Previdência estabeleceu que o aposentado deve ir até o sindicato para pedir pessoalmente o cancelamento – e não mais fazê-lo no banco em que recebe o benefício.

Publicidade