Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após trégua de uma semana, SC tem novos ataques

Polícia Militar registra 142 ocorrências, entre atentados e apreensões, desde a noite de 26 de setembro; três veículos foram incendiados nesta terça

Por Andressa Lelli 22 out 2014, 11h03

Sem registrar ataques desde 15 de outubro, Santa Catarina voltou a sofrer com a onda de criminalidade na noite desta terça-feira. Segundo boletim divulgado pela Polícia Militar nesta quarta, um ônibus e dois veículos particulares foram incendiados. Dois dos casos ocorreram em Florianópolis. Desde 26 de setembro já foram registradas 142 ocorrências – 114 ataques e 28 apreensões de materiais suspeitos.

Por volta das 20h24, um ônibus da empresa Transol foi invadido no bairro Saco Grande, na capital catarinense, por dois homens que renderam os passageiros e os mandaram descer. Em seguida, os suspeitos derramaram gasolina e atearam fogo no coletivo. A PM suspeita que o crime tenha ocorrido em retaliação à apreensão de 300 quilos de maconha na semana passada.

Leia também:

PM deflagra operação contra onda de ataques em SC

Chega a 3 o total de mortos em onda de ataques em SC

Santa Catarina registra novo ataque nesta madrugada

Já na Rua São Miguel, no município de Penha, um carro Fiat com placa de Joinville foi incendiado por volta das 23h25. O proprietário de uma oficina encontrou uma garrafa de combustível no interior do veículo em chamas, que pertence a um cliente do estabelecimento. Segundo a PM, dois homens em uma motocicleta são suspeitos de terem jogado um coquetel molotov no interior do carro. Vinte minutos mais tarde, o terceiro veículo da noite foi posto em chamas no bairro João Paulo, em Florianópolis.

Continua após a publicidade
Publicidade