Clique e assine com até 92% de desconto

Após acidente e incêndio, Defesa Civil interdita viaduto Santo Amaro, que pode ser até demolido

Avenida dos Bandeirantes, importante via da cidade de São Paulo, deve ser liberada apenas na segunda-feira; estrutura do elevado foi severamente comprometida

Por Da Redação 14 fev 2016, 12h36

A Defesa Civil decidiu interditar o Viaduto Santo Amaro, na zona sul da cidade de São Paulo, por tempo indeterminado depois que dois caminhões se envolveram em um acidente na avenida dos Bandeirantes neste sábado. Com a batida, que ocorreu embaixo do elevado no sentido da Rodovia dos Imigrantes, houve uma explosão que comprometeu toda a estrutura. Os motoristas tiveram ferimentos leves.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Milton Roberto Persoli, a ideia é montar duas estruturas, uma em cada sentido da avenida dos Bandeirantes, para poder liberar a via. “A intenção é liberar a avenida dos Bandeirantes até a madrugada de segunda-feira 15. Mas isso só será feito se tivermos garantia de total segurança para quem usa a via”. Persoli disse que a estrutura do Viaduto Santo Amaro “ficou bastante comprometida, por isso, não há prazo para liberar”. O jornal Folha de S.Paulo afirma que o viaduto deverá ser demolido, parcial ou totalmente, dada a exposição prolongada do elevado ao fogo intenso.

O acidente ocorreu às 6h20 da manhã de sábado. O condutor de um dos caminhões, com uma carga de açúcar, trafegava na Bandeirantes e não teria parado quando o semáforo fechou no acesso à avenida Santo Amaro. Ele alegou ter sido fechado por um carro de passeio. Já o motorista do caminhão tanque teria saído logo que o sinal abriu sem perceber o outro caminhão.

O caminhão de combustível foi retirado no começo da tarde deste sábado e o outro caminhão de ser removido até o início da noite. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda que os motoristas evitem a avenida dos Bandeirantes e a região, e busquem caminhos alternativos.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade