Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ano político despertou curiosidade por fascismo e intervenção militar

Eleições foi o terceiro tema mais buscado do ano e diálogo entre Daciolo e Ciro sobre Ursal também viralizou

Segundo relatório do Google, divulgado nesta quarta-feira, 12, buscas sobre o que são fascismo e intervenção militar foram as principais pesquisas feitas no Brasil neste ano.

Durante a campanha eleitoral, candidatos e militantes opositores de Jair Bolsonaro tentaram associar a imagem do então presidenciável ao regime ultranacionalista estabelecido por Benito Mussolini, em 1922, na Itália, que gerou um Estado totalitário no país. A proximidade de Bolsonaro, capitão reformado do Exército, com os militares, e algumas de suas declarações sobre minorias eram os principais argumentos utilizados para classificá-lo como fascista.

Os questionamentos sobre intervenção militar ganharam notoriedade em pelo menos três ocasiões neste ano: no contexto da intervenção federal no Rio de Janeiro, decretada pelo presidente Michel Temer em fevereiro deste ano, durante a greve dos caminhoneiros, iniciada em 21 de maio,; quando alguns dos manifestantes pediam a tomada de poder pelas Forças Armadas, e em alusão à possibilidade de Bolsonaro e seu vice, o general Hamilton Mourão, instaurarem uma ditadura militar.

Eleições

As eleições, inclusive, foram o terceiro tema mais buscado do ano, atrás de Copa do Mundo, realizada na Rússia, e o reality show Big Brother. O presidente eleito Jair Bolsonaro é o quarto tema mais procurado pelos internautas. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde 7 de abril, e o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, ocupam, respectivamente, a sétima e a oitava colocação. A “prisão do Lula” foi o sexto acontecimento mais buscado do ano.

Entre os dez porquês mais buscados, três têm relação com as eleições: por que votar em Bolsonaro, na segunda colocação, por que não votar em Bolsonaro, na sexta colocação, e por que o Amoedo não participa dos debates, na nona colocação.

O que é Ursal?

No ranking de dez buscas mais feitas, dúvidas sobre o que é a União das Repúblicas Socialistas da América Latina (Ursal) ocupa o quarto lugar, atrás de o que é fascismo, intervenção militar e lúpulo. O termo viralizou durante a campanha eleitoral, quando, no debate promovido pela TV Bandeirantes, o candidato do Patriota à Presidência da República, Cabo Daciolo, questionou o também presidenciável Ciro Gomes sobre a intenção do Foro de São Paulo, uma organização que reúne partidos políticos de esquerda, de executar “o plano Ursal”.