Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alckmin envia força-tarefa para identificar vítimas de acidente de ônibus

Dezoito universitários morreram após o veículo capotar na Rodovia Mogi-Bertioga

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), acionou uma força-tarefa na região da rodovia Mogi-Bertioga para acelerar o reconhecimento e a liberação dos corpos dos dezoito estudantes que morreram num acidente com um ônibus na noite desta quarta-feira. Três médicos legistas, três auxiliares de necropsia, dois odontolegistas (peritos em odontologia legal) e três atendentes de necrotério seguiram para o Instituto Médico Legal (IML) do Guarujá para ajudar a equipe local que trabalhará na perícia dos corpos.

Além disso, três aeronaves da Polícia Militar foram disponibilizadas para fazer o transporte das vítimas. Segundo o governo paulista, casos mais complexos devem ser transferidos para unidades na capital. Também foi deslocado um carro para o transporte de cadáveres.

O ônibus levava estudantes das Universidades de Mogi das Cruzes (UMC) e Brás Cubas para a cidade de São Sebastião, no litoral paulista. Também estariam no coletivo alunos da escola técnica estadual (Etec) de Mogi. Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista perdeu o controle do veículo e colidiu de frente com um rochedo na pista contrária. O acidente ocorreu no quilômetro 84, entre Mogi das Cruzes e Bertioga.

(Com Estadão Conteúdo)