Aeronave bimotor cai na região da Serra da Cantareira em São Paulo

Corpo de Bombeiros foi acionado após a Aeronáutica perceber a ausência do sinal do avião; ainda não há informações sobre vítimas

Por Giovanna Romano - Atualizado em 2 dez 2019, 12h34 - Publicado em 2 dez 2019, 10h59

Uma aeronave caiu na manhã desta segunda-feira, 2, na região da Serra da Cantareira, Zona Norte da cidade de São Paulo. O Corpo de Bombeiros foi acionado após a Aeronáutica perceber a ausência do sinal do avião. Não há informações sobre vítimas.

O local é de mata fechada de difícil acesso e os socorristas desceram de rapel, com o auxílio de cordas, de um helicóptero para chegar ao local da queda. Oito equipes do Corpo de Bombeiros foram enviadas à Estrada da Santa Inês, na Serra da Cantareira.

De acordo com a assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave é um bimotor com turbo hélice, modelo King Air, de prefixo PP-BSS fabricado pela empresa norte-americana Hawker Beechcarft.

A aeronave está no nome de Setimio de Oliveira Sala, proprietário da empresa de segurança Alsa Fort. De acordo com as informações do registro do avião, ele foi fabricado em 2007 para serviços privados. A aeronave não tinha autorização para realizar táxi aéreo.

A FAB informou que os investigas do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA) estão se deslocando para realizar a “ação inicial” da ocorrência — “o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados”.

Publicidade