Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Aécio tentou barrar Lava Jato, mostra gravação de Joesley Batista

Conversa entre empresário e senador foi publicada pelo site 'BuzzFeed". No diálogo, Aécio também diz trabalhar no Congresso pela anistia ao caixa dois

Por Da redação 18 Maio 2017, 18h07

Alvo de um pedido de prisão negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece em uma das gravações feitas pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS e delator premiado, dizendo “trabalhar igual um louco” em tentativas de anistiar o caixa dois no Congresso e fala de estratégias para obstruir a Operação Lava Jato no Ministério da Justiça. O conteúdo do diálogo foi antecipado pelo site BuzzFeed nesta quinta-feira.

Em outra gravação feita por Joesley, revelada ontem pelo jornal O GloboAécio pede 2 milhões de reais ao empresário sob a justificativa de custear sua defesa na Lava Jato. Nesta quinta-feira, Andréa Neves e Frederico Pacheco de Medeiros, irmã e primo de Aécio, também citados na delação da JBS, foram presos pela Polícia Federal. O senador se licenciou da presidência do PSDB.

Veja abaixo o diálogo entre Aécio Neves e Joesley Batista sobre caixa dois e obstrução da Lava Jato:

Publicidade