Clique e assine a partir de 9,90/mês

Acusado de matar argentino durante briga no Rio é preso em Paris

Valterson Ferreira Cantuária, ex-integrante do grupo musicial Karametade, que fez sucesso nos anos 1990, era procurado pela Interpol desde março deste ano

Por Bianca Lemos - Atualizado em 15 Aug 2017, 16h37 - Publicado em 15 Aug 2017, 16h33

Foragido desde março deste ano, quando foi apontado como um dos acusados de espancar até a morte o turista argentino Matias Sebástian Carena, de 28 anos, o ex- integrante da banda Karametade, Valterson Ferreira Cantuária, sucesso nos anos 90, foi preso nesta terça-feira pela polícia francesa.

O crime ocorreu no dia 26 de março, por volta das 4h30, após uma discussão entre Carena, seu grupo de amigos e os responsáveis pelo caixa do bar onde estavam, em Ipanema, zona sul do Rio. O desentendimento teria chamado atenção de quatro brasileiros suspeitos pelo crime: Pedro Henrique Marciano, Thiago Lessa , César Godinho e Cantuária, o último a ser preso .

O argentino Matias Sebastian Carena, de 28 anos, morreu após uma briga de bar em Ipanema
O argentino Matias Sebastian Carena, quando chegava ao aeroporto do Rio de Janeiro, onde morre após briga em bar de Ipanema – 26/03/2017 Matias Carena/Twitter/Reprodução

Do lado de fora do estabelecimento, um empurrão teria piorado a situação. Carena foi cercado pelo grupo de brasileiros, que começaram a agredi-lo fisicamente. Cantuária teria acertado o argentino com um soco no rosto, que o derrubou e o fez bater a cabeça na quina de uma calçada. Desacordado, o turista recebeu mais socos e chutes do grupo de brasileiros. O rapaz foi socorrido pelos amigos, mas chegou sem vida ao hospital.

Cantuária – também conhecido pelo nome artístico de Toddy Cantuária –  foi incluso na lista de foragidos da Interpol (polícia internacional) em junho. Policiais federais reconstituíram seus passos desde o dia do crime, até que descobriram o seu paradeiro, em Paris. Ele será extraditado para o Brasil e responderá perante a Justiça pelo crime de homicídio.

Publicidade