Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

13 de março: manifestante carioca cria Oscar do PT

As ironias aos investigados da operação Lava-Jato e petistas nos cartazes de manifestantes também fizeram referência ao Oscar. Em uma analogia ao maior prêmio do cinema mundial, a comerciante carioca Beth Nigri, 53 anos, criou sua lista de premiados ao Oscar relacionando desmandos da gestão petista com categorias premiadas em Hollywood. Na orla de Copacabana, o ex-presidente Lula ficou com o prêmio de melhor ator por sua atuação em “A alma mais honesta do Brasil” e de melhor figurino pela fantasia de presidiário em “Pixuleco”. O marqueteiro João Santana recebeu o prêmio de efeitos especiais pela “campanha da Dilma em 2014” e o ex-ministro da fazenda Guido Mantega melhor maquiagem por “Pedaladas Fiscais”. (Daniela Pessoa, do Rio de Janeiro)