Clique e assine com 88% de desconto
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

O que é o desafio ‘In My Feelings’, que preocupa as autoridades

A brincadeira, por vezes feita em vias públicas, já motivou prisões em alguns países

Por Pietra Carvalho - Atualizado em 1 ago 2018, 17h35 - Publicado em 1 ago 2018, 16h05

Milhares de pessoas, incluindo grandes celebridades, estão reproduzindo uma brincadeira chamada “In My Feelings Challenge“. Reproduzido quase 650 mil vezes no Instagram, o desafio consiste em sair de um carro em movimento e realizar uma coreografia com a música do rapper canadense Drake. Pipocaram na internet imagens em que pessoas dançam em meio a vias públicas e os registros de alguns incidentes causaram preocupação entre as autoridades. Fica o aviso: assim como o desafio em que todos se jogavam no chão ao ouvir o hit Que Tiro Foi Esse, da funkeira Jojo Toddynho, o desafio In My Feelings pode ter graves consequências.

Como tudo começou…

Também chamado de Kiki Challenge, a dança nasceu com a hashtag #DotheShiggy. Shiggy é o youtuber americano responsável pela coreografia, em vídeo que alcançou o próprio Drake e proporcionou um encontro entre os dois. Postado no final de junho, não demorou muito para que os passos tomassem a internet.

…e como se tornou uma preocupação

Logo na primeira semana de julho, o jogador da NFL Odell Beckham Jr. postou sua versão da dança, incrementada com a nova estrela (que se tornaria viral): o carro. E é esse o elemento-chave da preocupação causada pela brincadeira, de início inocente. Na publicação de Odell, ele sai de um veículo estacionado, que permanece assim durante seus movimentos, mas não demorou muito para a ideia ganhar velocidade.

Adotando a inciativa de Odell, as pessoas começaram a dançar em frente aos carros, saindo dele já em movimento e deixando a porta aberta. Nessas condições, o “In My Feelings Challenge” representa um risco à segurança dos participantes e de quem transita nas vias públicas.

View this post on Instagram

Happy 4th!!! This how I’m Pullin up to the bop-bop-barbecues all day! 🤣😂😭 @theshiggyshow Everybody get crazy wit it and hashtag #DoTheShiggy legggoo @theshiggyshow

Publicidade

A post shared by Odell Beckham Jr (@obj) on

“O trânsito é algo que exige a atenção de motoristas e passageiros. Essa brincadeira é uma ameaça para segurança viária. Questões ligadas ao comportamento das pessoas, como a imprudência, são as principais causas de acidentes graves. Não dá arriscar vidas por causa de uma brincadeira”, declarou ao #VirouViral Maxwell Vieira, diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran SP).

Quando as coisas saem do controle

Nos Emirados Árabes, três influenciadores digitais tiveram prisão decretada por terem participado do hit. Os promotores disseram, em nota à imprensa internacional, que “esse comportamento vai contra os valores da sociedade dos Emirados e constitui uma violação da moral pública”. Ainda segundo eles, a pena varia entre uma multa e o encarceramento, sem especificar a duração. Outros países, como o Egito e a Arábia Saudita, adotaram postura semelhante e já efetuaram prisões. Um estudante universitário do Cairo foi detido por ter tentado fazer a dança enquanto dirigia e liberado após o pagamento de 1050 libras egípcias, aproximadamente 220 reais.

Na Flórida, Jaylen Norwood, 22 anos, escorregou ao tentar voltar ao carro e acabou atingido por outro veículo que passava na via. Ele teve ferimentos leves. Em outro vídeo, um homem, concentrado na câmera que o grava, colide com certa força contra um poste de sinalização. E um dos registros mais impressionantes mostra uma garota caindo ao tentar sair do veículo.

Publicidade

Enquanto alguns influenciadores que aderiram à brincadeira vêm sendo criticados por incitar um ato irresponsável, outros são elogiados por retroceder à proposta inicial, voltando a dançar em frente a carros parados (por vezes em estacionamentos) ou até mesmo abandonando a ideia do veículo. E há ainda quem ironize a proposta do desafio: uma vaca foi a estrela principal de um dos vídeos mais assistidos nas redes, graças ao seu, digamos, ritmo quase humano.

 

Publicidade