Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O Orkut voltou? Não caia nessa

O site, Orkut.li, é uma cópia quase perfeita da rede social mais usada pelos brasileiros nos anos 2000

A internet está indo à loucura com a nova notícia de que o Orkut estaria de volta. Muitos usuários compartilharam prints de suas páginas e se logaram na saudosa rede social do “legal, confiável e sexy”. Mas o problema é que a rede social não está de volta. O site, Orkut.li, é uma cópia quase perfeita do local digital mais habitado pelos brasileiros nos anos 2000.

Quando os usuários tentam acessar o site pelo Google Chrome, são surpreendidos por uma (enorme) tela vermelha indicando que o endereço não é confiável. O mesmo ocorre com o Mozilla Firefox.

Orkut.li - Orkut não voltou

 (Reprodução/Reprodução)

“Os invasores em orkut.li podem induzir você a fazer algo perigoso, como instalar um software ou revelar suas informações pessoais (por exemplo, senhas, números de telefone, ou cartões de crédito)”, afirma o aviso.

De acordo com Emilio Simoni, gerente de segurança da empresa PSafe, o site não está em nenhum servidor do Google – o dono da finada rede social.

“Todo domínio tem um registro e conseguimos rastreá-lo usando algumas ferramentas. O que se espera é que este site, se verídico, esteja hospedado no servidor do Google, mas identificamos que esta página, na verdade, foi registrada em 2006 por um brasileiro”, afirma.

Veja também

Ameaça

O site se trata de um Phishing, ameaça que “rouba” dados dos usuários. “Nós vimos que o site usa exatamente a identidade visual de outra entidade e pede alguns dados pessoais. Percebemos também que a plataforma apresenta perfis com fotos de pessoas diferentes, mas que publicam o mesmo texto – o que pode indicar a atividade de algum bot (robôs que realizam publicações)”, diz o especialista.

Mesmo assim, a internet está cheia de pessoas saudosas dessa (maravilhosa) rede social – e mais cheia ainda de usuários muito curiosos. Se você se enquadra nesse perfil – e quer desesperadamente entrar no site – o principal, segundo Emilio, é ter um bom antivírus com antiphishing no celular: isso vai impedir o malware no ato, caso o endereço tente acessar dados ou baixar qualquer arquivo na máquina.

“Sugerimos também criar um e-mail que servirá apenas para fazer o login neste site e uma senha que jamais será usada novamente. Como não temos como saber exatamente a procedência da página, nós não recomendamos que a senha usada seja a mesma de outras redes sociais, por exemplo”, comenta.

A equipe da Psafe, no entanto, ainda não identificou nenhuma atividade maliciosa na página. “Até o momento, não sabemos qual é a real intenção desse endereço. Por isso pedimos muita cautela aos usuários. Assim como o site pode não enviar nada malicioso agora, pode começar a fazê-lo conforme aumente o número de acessos”, diz.

Posicionamento

O Google afirmou que não possui um posicionamento sobre o site “clone”, mas indica que: 1) o Orkut está mesmo morto; e 2) o site não está no domínio da empresa. Além disso, no blog oficial do Google, você pode conferir o adeus do Orkut em dois tempos: um, em meados de 2014, e o fim real e oficial em abril deste ano.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s