Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

No Facebook: mãe de meninos ensina em casa o respeito à mulher

A maioria do “povo da internet” reagiu com aplausos ao seguinte post da empresária paulistana Gracy Izaú, de 31 anos. Após a mensagem se tornar viral, nesta semana, o caso passou a ser tido como uma lição de feminismo. Confira a publicação no perfil do Facebook de Gracy:   A bronca no filho viralizou. Ou seja, tornou-se […]

Por Luiza Donatelli Atualizado em 30 jul 2020, 21h38 - Publicado em 6 out 2016, 19h18

A maioria do “povo da internet” reagiu com aplausos ao seguinte post da empresária paulistana Gracy Izaú, de 31 anos. Após a mensagem se tornar viral, nesta semana, o caso passou a ser tido como uma lição de feminismo.

Confira a publicação no perfil do Facebook de Gracy:

 

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fpermalink.php%3Fstory_fbid%3D289115381472289%26id%3D100011214871153&width=500

A bronca no filho viralizou. Ou seja, tornou-se pública. E, como é no mundo das redes sociais, o assunto, antes privado, passou a ser tema de conversas alheias. O #VirouViral foi atrás de Gracy para compreender como se deu a história.

Ela conta que tudo começou durante um jantar em família. “Meu filho mais velho reclamou que a comida estava demorando”, contou. “Aí, respondi afirmando que iria mais rápido se ele me ajudasse a lavar a louça. Nisso, ele falou que não faria isso por ser ‘coisa de mulher’”.

A reação da mãe: brigou com o filho, de 13 anos, que, agora, é responsável pela tarefa diária de lavar a louça da casa. “Compartilhei minha decisão no Facebook pois acho inconcebível essa visão dele em relação às mulheres”, relatou a empresária.

Continua após a publicidade

“Não foi um castigo”, completou. “Mas, sim, um ensinamento.” Ela lamenta não ter mostrado antes aos dois filhos (ela ainda tem um mais novo) a importância da divisão das tarefas domésticas. Gracy diz que a rotina era “automática” e que ela acabava resolvendo tudo sozinha por ser mais rápido, enquanto o pai dos meninos também não dava o exemplo dentro de casa (isso antes do casal se separar). Passada a bronca pública, a mãe afirma que ambos os filhos irão participar mais da rotina da casa.

“O fator mais importante desse aprendizado é fazer com que eles se tornem independentes e que, quando virarem adultos, não ‘escravizem’ suas futuras esposas”, opinou Gracy.

LEIA TAMBÉM:
#WeMissYouAvalanna: Quem é a fã de Justin Bieber que deixou saudade
Youtuber mirim ajuda moradores de rua (em vez de jogar água neles!). Entenda o caso

Com a repercussão, a mãe afirmou que continuará a escrever em seu Facebook contra o machismo e sobre o papel da mulher na sociedade: “Fiquei feliz que outras mães, também inconformadas com o machismo, disseram que passarão a colocar os filhos homens para realizar as tarefas domésticas”. Assim, eles aprendem desde cedo que homens e mulheres têm iguais direitos e deveres, seja na vida pública, ou privada.

Pela internet, algumas das reações ao post de Gracy:

https://www.facebook.com/plugins/comment_embed.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fpermalink.php%3Fstory_fbid%3D289115381472289%26id%3D100011214871153%26comment_id%3D289147094802451&include_parent=false

https://www.facebook.com/plugins/comment_embed.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fpermalink.php%3Fstory_fbid%3D289115381472289%26id%3D100011214871153%26comment_id%3D289390128111481&include_parent=false

https://www.facebook.com/plugins/comment_embed.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fpermalink.php%3Fstory_fbid%3D289115381472289%26id%3D100011214871153%26comment_id%3D293720587678435&include_parent=false

Continua após a publicidade
Publicidade