Clique e assine a partir de 8,90/mês
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

Médico “opera” brinquedo de menino para fazê-lo se sentir melhor

A foto do médico costurando o ursinho de pelúcia viralizou no Facebook. Hospital é especializado em tratamento infantil

Por Talissa Monteiro - Atualizado em 30 jul 2020, 21h04 - Publicado em 10 jan 2017, 16h17

A atitude de um médico do Hospital Infantil de Winconsin, nos Estados Unidos, emocionou os usuários do Facebook. Um post viral, publicado na página da instituição, mostrava o profissional costurando um ursinho de pelúcia do personagem Mike Wasowski, do filme de animação Monstros S.A. A razão? O objeto era o brinquedo preferido de um dos seus pacientes, que tinha acabado de passar por uma cirurgia. A intenção era fazer o garotinho se sentir melhor com a situação.

“Veja essa foto da nossa sala de operação. Depois de operar um jovem garoto, o Dr. Groth fez um esforço extra para uma cirurgia adicional no melhor amigo do paciente – seu ursinho de pelúcia. Nossos médicos, enfermeiras e equipe vão além do tradicional para fazer como que toda criança se sinta confortável e segura. Seja costurando seu brinquedo favorito ou se vestindo como os personagens que gostam, nós sabemos como fazer as crianças se sentirem melhores”, dizia o post.

A prática é comum no hospital, que é especializado em atendimento pediátrico. Nos comentários do post, outros pais relatam que os brinquedos dos seus filhos também já receberam cuidados dos médicos do local. Uma das mãe contou que a equipe convenceu seu filho a usar uma máscara de oxigênio colocando-a também em seu ursinho. Veja algumas fotos compartilhadas da ação:

No Brasil

Reconhecendo a importância que a diversão tem na vida de crianças hospitalizadas, projetos no Brasil recuperam objetos com defeito para doá-los em hospitais infantis. Um deles é o Projeto Ioiô de Cedral (SP), um “hospital de brinquedos” que no Natal tem uma missão especial: recuperar aqueles danificados e entregar para pacientes com câncer. Os presente são distribuídos em um dos maiores complexos hospitalares do Brasil, o Hospital do Câncer de Barretos.

Continua após a publicidade
Publicidade